Rio de Janeiro

. Era apenas um menino, de 14 anos, solitário e triste. Cursava a nona série numa escola de Ohio, nos Estados Unidos. Quase ninguém o chamava pelo seu nome de batismo: Asa H. Coon. Como mancava de uma perna, era mais conhecido por um apelido cruel, algo assim como “Deix...

Detalhes

O coveiro jogou uma pá cheia de barro sobre a tampa do caixão, produzindo um ruído seco e sinistro, que doeu lá dentro, no fundo do coração da Zilda. Chorosa, ela depositou flores na sepultura da mãe e, movendo os lábios como se estivesse rezando, murmurou: - Eu vou me ...

Detalhes

   (Do ‘correspondente de guerra’ do Diário do Amazonas no RJ) Suas pernas grossas e bem torneadas, reveladas por uma saia curta amarela, eram – como a gente dizia em Manaus - dois tocos de amarrar onça. Subiam e desciam tão celeremente que o calcanhar batia na bunda. T...

Detalhes

O Rio de Janeiro continua sendo, 450 anos depois, índio, mas nenhum guarani foi convidado para sua festa de aniversário. Neste domingo, 1° de março, nenhum índio soprará a velinha do tradicional bolo de quase meio quilômetro que a Sociedade dos Amigos da Rua da Carioca ...

Detalhes

A índia Maria Caetana, se viva estivesse, certamente reforçaria o coro de vaias ao discurso machista do deputado Marco Feliciano (PSC/SP vixe, vixe) nesta quinta-feira (9), na Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, que afirmou não existir no Brasil a cultura do...

Detalhes

O historiador Marcelo Sant'Ana Lemos encontrou em Valença (RJ) um homem que só existia nos arquivos por ele consultados, um homem de papel que se fez carne e habitou entre nós, pulando dos documentos do séc. XIX para as ruas do séc. XXI. É possível entender o que aconte...

Detalhes

“Se o mundo vier a desaparecer, mas uma só universidade for poupada, a partir exclusivamente dela poderemos reconstruir uma grande parte do saber atual”. (Theodor Berchem, 1990) Aos 24 dias do mês de junho de 2017, às 7h00, no Auditório das Almas Imortais, sob a presid...

Detalhes

Já te contei, leitor (a), que meu irmão é artista plástico? Não? Então conto agora. O Tuta tinha 9 anos, em 1958, quando participou do concurso infantil “Desenhe seu bairro” promovido pelo Colégio Aparecida, em Manaus. As melhores obras seriam expostas no salão do Clube...

Detalhes