CIMI

Os índios Satere-Mawé guardam, com carinho, uma borduna feita de pau-ferro, denominada Porantim. Ela tem a forma de um remo, onde estão desenhadas figuras, que contam as narrativas e os mitos de origem. É, portanto, uma espécie de ‘livro’. “É a nossa Bíblia. No Porantim...

Detalhes

- É correto concluir que os movimentos sociais precisam de militantes vivos e atuantes e não de mortos e inoperantes? A pergunta provocativa, numa entrevista em 1979 para o jornal Porantim, foi feita a Dom Pedro Casaldáliga, quando ele acabava de narrar o assassinato do...

Detalhes