Corona Virus

Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo (Drummond, 1940). - Tem acetilcisteína 600 mg? – perguntei ao telefone. Tinha. A farmácia, porém, não fazia entrega domiciliar. Confinado há vários dias, sai de casa na segunda (16), morrendo de medo. Andei apenas três qua...

Detalhes

Excelentíssimo Senhor dono do mundo Saudações Em plena quarentena e inspirado em Waldick Soriano, “escrevo essa carta, mas não repare os senões, para dizer o que sinto loooonge de ti”. Eis o primeiro senão: permita-me que te trate, alternadamente, de “tu” ou de “você...

Detalhes

“Nunca, senhor ministro da Saúde, foi a saúde tão mortal! (...) Senhor ministro da Saúde: o que fazer?” (Cesar Vallejo, 1937) Um ano antes de sua morte ocorrida numa sexta-feira santa, em Paris, em 1938, o poeta peruano César Vallejo escreveu Os nove monstros, conte...

Detalhes

“Acalme seu coração... o rio corre...os pássaros voam... os peixes se alegram e fazem o dabucuri... Que nossos Avós te recebam no Dabucuri do infinito”. Rosi Waikhon, escritora indígena (19/04/2020) Querido Aldevan, escrevo-te uma carta que você não lerá. Assim me...

Detalhes

“Meu Deus do céu, como é bom viver! Mas agora, a vida fica tão sangrenta e tão desumana, que dá vontade de desistir dela. Diga lá, Babu! Diga lá! O que fazer?” (Nazim Hikmet - 1935) Nos dias de chuva forte, era infernal o barulho no teto de zinco do Centr...

Detalhes

(Diário do Amazonas) Paulo Borges de Lima nasceu no barraco de taipa e zinco da rua Bandeira Branca, n º 86, em Manaus, onde morou durante 82 anos. Conhecido como Paulo Tripa, foi ali que passou a infância e a adolescência com seus pais Rita e Paulino, fabricando broas ...

Detalhes

“As pessoas pensam que um fato aconteceu só porque está impresso em grandes letras negras, confundem a verdade com a fonte 12. (Jorge Luís Borges, 1952) Nesta quarta-feira (17), Paulinho Payakã morreu uma segunda vez, aos 68 anos, vítima da Covid-19 - a “gripezinha”...

Detalhes

Maldigo el fuego del horno / Porque mi alma está de luto / Maldigo los estatutos Del tiempo con sus bochornos / Cuánto será mi dolor”. (Violeta Parra, 1966). O que Violeta Parra tem a ver com o Poani Higino Pimentel Tenório, 65 anos, contaminado mortalmente pelo cor...

Detalhes