jornais.

."Xerxes e Zulmira leem juntos". Esta frase ocupava a última página dos antigos cadernos de caligrafia e era copiada exaustivamente pelos alunos, às vezes como castigo, com o objetivo de treiná-los a escrever, no caso, as letras "x" e "z". No canto superior da página, a...

Detalhes

Ninguém jamais saberá por que o velho Edmundo Busby colecionava jornais, nem quando essa mania começou. O certo é que, em vez de descartá-los depois de lidos, como todo mundo faz, ele os guardava, empilhados, nos cômodos de sua casa no Beco da Indústria, 135, bairro de ...

Detalhes

Está cientificamente comprovado: o excesso de adjetivos mata. Quem morreu assim,em 1905,soterrado por uma avalanche de adjetivos, foi o português Joaquim Rocha dos Santos, um lisboeta que migrou para o Brasil aos 11 anos de idade e fez carreira em Manaus como delegado d...

Detalhes

Caim e Abel na Barelândia.Com oito facadas, uma delas no coração, Chico Cururu matou o próprio irmão conhecido como Mala Velha.O motivo alegado:o voto diferente.Foi em Manaus. Mas podia ser em qualquer outra cidade,porque o Brasil está rachado ao meio,com famílias estil...

Detalhes