CRÔNICAS MAIS ACESSADAS

CRÔNICAS RECENTES

A boiada da Amazônia no covil dos bandidos

Parecia o encontro de uma quadrilha de malfeitores a reunião de Bolsonaro com seus ministros divulgada nesta sexta (22) por ordem do STF. Durante duas horas, muitos palavrões, mas nenhuma plano, seque...

A cura da doença: Feliciano Dessana e os Kokama

“Para curar uma doença / É preciso conhecer / a doença / É preciso criar o mundo / desde o começo /e ver a doença nascer / para então curar (Dessana Dessana, 1975) Quando pintou com tinta guache, em...

Vânia Tadros, La Pasionária

Foram vidas bastante diferentes e até opostas, uma de origem basca, a outra galega, mas com um ponto em comum: o sangue ibérico e a paixão de viver, de lutar, de resistir. Por isso, a militante antifa...

A namoradinha do Bolsonaro: o adeus à atriz

“E no ABC do Santeiro, o que diz o A, o que diz o A? O A diz adeus à matriz. O que diz o B, o que diz o B? O B é a batalha da morte. (Sá & Guarabyra. 1985) A humanidade só surge no cenário h...

E daí? Diga lá, Babu, o que fazer?

“Meu Deus do céu, como é bom viver! Mas agora, a vida fica tão sangrenta e tão desumana, que dá vontade de desistir dela. Diga lá, Babu! Diga lá! O que fazer?” (Nazim Hikmet - 1935) Nos...

Carta a Aldevan Baniwa: o brilho da floresta

“Acalme seu coração... o rio corre...os pássaros voam... os peixes se alegram e fazem o dabucuri... Que nossos Avós te recebam no Dabucuri do infinito”. Rosi Waikhon, escritora indígena (19/04/2020)...

140x140

20792678

ACESSOS AO SITE