CRÔNICAS MAIS ACESSADAS

CRÔNICAS RECENTES

A CORRENTE DE SÃO SEVERINO E A ODEBRECHT

“Os trabalhadores nada têm a perder, a não ser as suas correntes”. (Karl Marx – Manifesto Comunista, 1848) Se você é trabalhador, não perca esta corrente que está circulando mundo afora desde 1901. Fa...

O TESTAMENTO DE JUDAS E O SERRA VELHO

O TESTAMENTO DO JUDAS E O SERRA VELHO Sábado de Aleluia.Tradicional malhação do Judas. No bairro de Aparecida,em Manaus,o boneco pendurado no poste trazia o testamento no bolso, escrito pelo Edilson, ...

MEMÓRIA OLFATIVA: EM BUSCA DO SABONETE GESSY

Arrumo gavetas cheias de papéis velhos, agora, em Niterói. Encontro um passaporte carimbado que me faz lembrar o verão de 1981 em Moscou. Foi lá, no banheiro do hotel Nikolskaya, perto da Praça Vermel...

UMA QUASE-CARTA PARA UM QUASE-REITOR (3a. versão)

Quase-Magnífico Reitor Sylvio Puga Saudações, Ainda inspirado em Waldick Soriano, escrevo outra carta (já são três versões, mas não repare os senões), para felicitá-lo e a seus ele...

COMO NÓS, VELHOS, BRINCÁVAMOS: UMA AULA NA EDEM

COMO NÓS, VELHOS, BRINCÁVAMOS: UMA AULA NA EDEM - Tuturubim tetê tique-taque tambarola teje dentro teje fora. Era assim que em Manaus a gente escolhia, nos anos 1950, quem ficaria na berlinda. Essa f...

TEMER E NÓS: A ONÇA E O JACARÉ

TEMER E NÓS: A ONÇA E O JACARÉ Conta a tradição oral que quando a onça ataca o jacaré, ele permanece quieto e impassível enquanto ela começa a devorá-lo pelo rabo. Ouvi essa história na infância sempr...

140x140

5107997

ACESSOS AO SITE