CRÔNICAS MAIS ACESSADAS

CRÔNICAS RECENTES

Dia do Índio na UERJ: sonhando com a terra que perdi

“Anhangá me fez sonhar com a terra que perdi” (Heitor Villa-Lobos, O canto do pajé) - É importante que a fala de vocês chegue até a cidade – diz Vincent Carelli a um líder Kaiowá enquanto dirige Martí...

Conversa de velhos: “Ai, meu Deus, só Jesus na causa!”

Diariamente, de manhã cedo, ouço centenas de vezes essa frase na Academia da Terceira Idade (ATI), na praia de Icaraí, onde faço exercícios físicos com outros velhinhos. Lá tem uma senhora gasguita e ...

A Toca de Jesco Puttkamer: o Sabor do Arquivo

Quem poderia imaginar que seria possível encontrar tantas maravilhas naquele lugar no qual você redescobre o prazer de entrar? Lá, você admira danças cadenciadas por versos improvisados em várias líng...

Os Índios que a Camila Pitanga viu no Mar

A atriz Camila Pitanga visitou, na sexta-feira (16), os Guarani, os Pataxó, os Puri e os índios em contexto urbano residentes no Rio. Foi na Exposição Dja Guatá Porã: Rio de Janeiro Indígena, no Museu...

Uma toada para Marielle: a flor que fura o asfalto

Tonadas de Manuel Rodriguez, escrita por Pablo Neruda e musicada depois por Vicente Bianchi, martela na minha cabeça nesta quinta-feira (15), no caminho para a manifestação contra o assassinato da ver...

Pedro Custódio, um filósofo da Mangueira na UERJ

- Eu detesto alegria, porque a alegria não deixa a gente pensar, ao contrário da tristeza, que provoca a reflexão. Quem falou assim foi Pedro Antônio Custódio, 58 anos, residente no morro da Mangueir...

140x140

9682350

ACESSOS AO SITE