CRÔNICAS MAIS ACESSADAS

CRÔNICAS RECENTES

No jequitibá, sonhando com Sônia Guajajara

O nome dela é Vanuire. Franzina, de idade indefinida, trabalhou como escrava em uma fazenda, onde o então coronel Rondon, criador do Serviço de Proteção aos Índios (SPI), foi buscá-la para apaziguar o...

Disque-denúncia:sei quem matou Matheus Matheusa

- Alô! Alô! É do Disque-Denúncia? - Positivo e operante! - Sou professor da UERJ. Tenho informações que podem esclarecer a morte de Matheus Matheusa, de 21 anos, estudante de Artes Visuais na minha un...

Oi Siricoté: os quilombolas de Barreirinha

Barreirinha era, então, um pequeno povoado molhado pelas águas verdes e ainda não poluídas do Andirá - o rio dos índios Mawé, onde dona Maria,mãe de Thiago de Mello,muitos anos antes, lhe dera o prime...

As línguas faladas no Acampamento Terra Livre

Cerca de 3.000 índios acamparam de 23 a 27 de abril, em Brasília, na 15ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL). Realizaram reuniões, rodas de conversas, plenárias e exposições no Memorial dos Povos ...

Dia do Índio: sonhando com a terra que perdi

“Anhangá me fez sonhar com a terra que perdi” (Heitor Villa-Lobos, O canto do pajé) - É importante que a fala de vocês chegue até a cidade – diz Vincent Carelli a um líder Kaiowá enquanto dirige Martí...

Papo de velho: “Ai, meu Deus, só Jesus na causa!”

Diariamente, de manhã cedo, ouço centenas de vezes essa frase na Academia da Terceira Idade (ATI), na praia de Icaraí, onde faço exercícios físicos com outros velhinhos. Lá tem uma senhora gasguita e ...

140x140

10140290

ACESSOS AO SITE