Natal

.É natal. Chove lá fora. Chuvinha miudinha e persistente. Procuro tema para a crônica de hoje, capaz de me dar tesão e de entusiasmar os leitores. Decido, então, escrever sobre o próprio natal e seu significado para os povos amazônicos. Lembro que foi em dezembro de 161...

Detalhes

.O helicóptero, como um passaralho louco, borboleteava pelos céus de Manaus, em manobras espetaculares. De vez em quando, dava um voo rasante pelo campus da universidade. Cá embaixo, tentava-se adivinhar quem era o passageiro tão importante que, do alto, acenava para a ...

Detalhes

A casa é uma daquelas caixinhas da Cidade Nova, em Manaus, construída com pouco cimento e muita areia, cujas paredes não agüentam o peso de um armador de rede. A sala contém todos os sonhos da classe média lascada: um sofazão forrado...

Detalhes

Quando ele nasceu, em 3 de outubro de 1935, o rio Branco estava transbordando. Boa Vista era, então, uma Macondo, com seus três mil e pouco habitantes e uma fila de casas alegres cercadas de água por todos os lados. A cheia havia atingido seu pico. A mata ciliar estava ...

Detalhes