Lúcio Flávio Pinto

Ao Meritíssimo Juiz da 4ª Vara Cível de Belém do Pará Raimundo das Chagas Filho Começo nossa conversa com uma fórmula epistolar, parafraseando ‘A Carta’ de Waldick Soriano: Saudações, Juiz Raimundo das Chagas Filho! Que a lei esteja convosco! Escrevo essa carta, mas não...

Detalhes