CRÔNICAS

ELE, ELY, É O CARA

Em: 19 de Setembro de 2010
Tags:
Visualizações: 12888

 

Prezado leitor (a), me responde rapidinho:
 
- Do you know mister Ely?
 
Hein? Essa não é a língua usada no Brasil? Estou falando língua de gringo? Oh, my god, why do you sempre me phode? Tudo bem! Então vou facilitar, traduzindo para um idioma nosso, do tronco tupi, falado, cantado e rezado há mais de dois mil anos aqui nesse chão que nós pisamos. Ai vai a mesma frase em língua guarani:
 
- Reikuaa pa Ely?
 
E agora? Se você não entendeu bulhufas, então tem alguma coisa errada. Afinal, o guarani é uma língua enraizada no Brasil profundo. Hoje, essa pergunta seria entendida em mais de cem municípios de dez estados do nosso país, onde vivem milhares de falantes dessa língua, mas também dentro da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), que na última quarta-feira iniciou um curso de língua guarani ministrado pelo professor indígena Alberto Tupara’y e pela linguista Ruth Monserrat. Lá falamos e cantamos em guarani.
 
O que acontece se eu formular a mesma questão em macuxi:
 
- Ely epuinen amîrî?
 
Deu pra compreender? Essa frase, que para nós é grego, pode ser facilmente entendida por milhares de pessoas que vivem em Roraima e que falam macuxi, uma língua do tronco Karib. Parece estranho encontrar no Brasil gente que entende inglês – uma planta estranha ao país – e que não reconhece frases em pelo menos uma ou duas das atuais 188 línguas indígenas - plantas nativas do nosso solo.
 
No entanto, todo mundo entende o português que, embora seja uma língua neolatina transplantada da Europa, criou raízes históricas aqui, nos últimos cinco séculos, incorporando marcas indeléveis das línguas indígenas com as quais manteve contato. Que o diga o carioca de Ipanema ou de Irajá – três palavras de origem tupi. Sendo assim, reformulo a pergunta na língua nacional que é, em certa medida, a língua de Camões, do Lula, da Marina Silva, do Saramago, do Joel Santana e do caspento Cristiano Ronaldo.
 
- Você conhece o Ely?
 
Um guarani responderia: Ha’e xeirŨ porã ete. Um Macuxi não hesitaria em confirmar a mesma coisa em sua língua: Morî pu'kuru mîîkîrî pemonkon. O que eles querem dizer? Mistério que só revelo depois de apresentar o Ely.
 
Não sabia voar
 
Ele é o Ely. Ely Macuxi. Ely Ribeiro de Souza, índio macuxi., professor concursado de História da rede pública de ensino em Manaus, ex-gerente de Educação Escolar Indígena na Secretaria Municipal de Educação, docente de antropologia na UNINTER e assessor de diversas organizações indígenas no Amazonas: Coiab, Copiam, CEEEI, Amarn, Wotchimaucu.
 
Estive em vários encontros de escritores indígenas com Daniel Munduruku, Eliane Potiguara, Álvaro Tukano, Cristino Wapixana, Rosi Waikhon e tantos outros, onde Ely mostrou os contos que escreveu: Ypaty, o curumim da selva; o passarinho que não sabia voar; a menina e o purupuru. Ele, Ely, escreve muito bem. Concluiu seu curso de graduação em Filosofia e partiu para a pós-graduação. Fez o Mestrado em Sociedade e Cultura na Amazônia e especialização em Gestão e Etnodesenvolvimento, ambos na UFAM – Universidade Federal do Amazonas. O cara é bem preparado.
 
Ele, Ely, é o cara, porque sua experiência profissional, seus estudos e seus escritos vêm acompanhados de um compromisso inarredável com as lutas sociais. Ele, Ely, é líder comunitário no bairro de Santa Luzia, onde coordenou atividades de pastoral. Atuou ainda como dirigente sindical no Sindicato dos Trabalhadores de Ensino no Amazonas e como lutador incansável no movimento indígena organizado.
 
Por isso, recebeu apoio político de lideranças, caciques e tuxauas, vereadores e prefeitos indígenas em pelo menos 15 municípios do Amazonas. As comunidades indígenas urbanas de Manaus também o apoiam: os Ticuna da Cidade de Deus e do Mauazinho, os Sateré Mawé do bairro Santos Dumont, os Apuriná do Alvorada e Lírio do Vale, os Tukano do Aleixo.
 
Da mesma forma, tem gente boa que o apoia nas comunidades indígenas da zona rural: os Kambeba da Comunidade Brasileirinho; os Baré e os Tukano de Terra Preta; os Karapanã de Canaã; o pessoal da comunidade do Tupé – Baré, Tukano e Piratapuia. Além de alguns intelectuais amazonenses renomados como Thiago de Mello, Tenório Teles, Raimundo Nonato Correia e outros.
 
Zagallo e Belão
 
Na história do Amazonas nunca elegemos um deputado indígena capaz de defender os interesses de diferentes povos de línguas diversas, mas capaz também de representar – é o caso do Ely - os interesses de quem, não sendo índio, sofre com os problemas ambientais, de educação, saúde, saneamento básico. Ele, Ely, está comprometido com todas essas causas. Sua eleição é uma questão de honra para todos nós.
 
Lembro aqui – e morro de vergonha – daquela infame sessão da Assembleia Legislativa do Amazonas, em 2006, quando o presidente da Casa, Belarmino Lins – o Belão – discutiu com Francisco Balieiro. Os dois se xingaram com os mais escabrosos palavrões: biltre, canalha, patife, escroque, pulha, filho duma égua, sacripanta, efedepê. Estava empate, até que Belão ganhou quando fulminou o colega cuspindo-lhe na cara o que ele considerou como o insulto mais desqualificador: - “Índio”. A palavra soou como uma bofetada – “É a mãe” – respondeu Balieiro, ofendido.
 
O índio, até agora, só entrou na Assembleia Legislativa como ofensa., pela porta dos fundos Agora tem que entrar como proposta, como luz, como resistência. A melhor resposta que o eleitor amazonense pode dar ao Belão, ao Balieiro e à cambada dos que têm vergonha de sua ascendência baré é eleger um deputado indígena, para que ele entre naquele mesmo recinto onde todos nós amazonenses fomos  xingados e humilhados. E inicie seu discurso de posse com um “bom dia, senhores deputados”, em língua Macuxi ou em Nheengatu.
 
O número do Ely é fácil de guardar: basta lembrar o Zagallo, amante do 13, e o Belão. Primeiro você lembra o Zagallo e escreve 13. Depois, lembra o Belão e coloca um zero à esquerda – 013. Depois volta a se lembrar do Zagallo: 13013.
 
Agora, leitor (a) se um gringo te perguntar: - Do you know mister Ely? Responde: Yes, now I know. E tasca em guarani: Ha’e xeirŨ porã ete. Ou em macuxi:  Morî pu'kuru mîîkîrî pemonkon. O que quer dizer, em ambas as línguas: ele é muito bom, ele é o cara! (tradução do guarani por Alberto Tupara’y e do macuxi por Celino Raposo, Coordenador da Licenciatura Intercultural de Roraima).
 
O leitor amazonense, generoso, vai perceber que esse é o momento histórico importante para eleger Ely, o Cara: 13013 (Lembra: Zagallo Belão Zagallo). Se estou fazendo propaganda eleitoral gratuita? É. É isso mesmo. Trata-se de declaração de voto gratuita, entusiasmada, escancarada e consciente em prol de uma representação indígena na Assembleia Legislativa do Amazonas.
 
 - Ely epuinen amîrî?
 
Responde, eleitor (a), com teu voto:
 
- Morî pu'kuru mîîkîrî pemonkon.  
 
P.S. – Minhas muitas irmãs, meus inumeráveis sobrinhos, meus poucos amigos, meus inteligentes ex-alunos, meus escassos leitores, votem por mim, já que meu título de eleitor não é do Amazonas. Lembre, ele, Ely Macuxi, o Cara, número 13013 (Zagallo Belão Zagallo).  

 

Comente esta crônica



Serviço integrado ao Gravatar.com para exibir sua foto (avatar).

47 Comentário(s)

Avatar
Denys Paixão comentou:
24/09/2010
Prof. Bessa Parabenizo pelo texto de domingo passado a respeito de Ely. Esse tipo de tema nos faz refletir nesta conjuntura eleitoral. Até por que eu não tinha candidato para Deputado Estadual e prestigiar alguém genuíno da terra é mais que valorizar a Prata da Casa.Mais uma vez, parábens, pelo texto.E o seu amigo tarcísio Lage tem um blog excelente, ambos estão no meu favoritos. Um grande abraço.
Comentar em resposta a Denys Paixão
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
24/09/2010
COMO EU SOU IMPORTANTE... O BRASIL EM UM MOMENTO TÃO IMPORTANTE E UNS CAMUFLADOS PREOCUPANDO-SE COMIGO. SAIAM DE TRÁZ DO COMPUTADOR E VÃO PARA AS RUAS LUTAREM POR SUAS CONVICÇÕES. MARLUCE, OBRIGADA PELA SOLIDARIEDADE.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Dario comentou:
24/09/2010
Parabens pele crônica, não tinha candidato para deputado, já tenho um, de nº Ely, Belão, Ely = 13013, rumo a vitória.
Comentar em resposta a Dario
Avatar
Giane comentou:
24/09/2010
Como eu queria votar no Amazonas... Ely é o cara... pena que não voto lá...
Comentar em resposta a Giane
Avatar
Márcio Lira comentou:
24/09/2010
Marluce, percebe-se que seu círculo é um tanto quanto restrito...
Comentar em resposta a Márcio Lira
Avatar
Marluce Aubuquerque comentou:
23/09/2010
Seus lesos, respeitem a Prof.Vânia. Ela é uma das mulheres mais bem intencionadas e preparadas intelectualmente com quem convivi. A questão é que ela tem coragem de chocar para mostrar o quanto os políticos são iguais . A esquerda na qual tanto apostou estão se comportanto pior daqueles a quem criticavam. Aí ela parte para outra. É Massa professora querida! Eu e nossa antiga turma do ICHL entendemos vc e continuamos ouvindo sua voz. Esse povo está escorregando na maionese azeda.
Comentar em resposta a Marluce Aubuquerque
Avatar
Georgina Andrade comentou:
23/09/2010
Os escândalos estão pipocando. A Erenice deitou e rolou nas barbas da Dilma e do Lula. Agora o presidente quer calar a imprensa alegando malandramente um tal "golpismo midiátrico", e o articulista não comenta nada?! A mordaça já empastelou o Taqui pra ti?É bom lembrar que quando os jornalistas investigaram os escândalos no governo Collor, a imprensa era fundamental para a democracia.
Comentar em resposta a Georgina Andrade
Avatar
Márcio Lira comentou:
22/09/2010
Essa Vânia é a contradição em pessoa e ainda vem arrotar abacaba aqui. Vota na Marilene; no Arthur; no Omar; e agora no Ely. Só falta dizer que vota na Marina e no Pauderney. Fazendo coro com o tal Romeu (que é outro ignóbil, diga-se): CALA BOCA, VÂNIA. E Professor Babá, por favor, volte. Estamos sentindo sua falta!
Comentar em resposta a Márcio Lira
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
22/09/2010
NÃO INTERESSA O QUE PENSA DE MIM UM MEDROSO, DE POUCAS LUZES, QUE NÃO ENTENDE O QUE LÊ. FICO FELIZ POR VC NÃO ME ADMIRAR.PONTO FINAL. A UFAM É A MELHIR UNIVERSIDADE DO MUNDO PARA QUALQUER AMAZONENSE LÚCIDO. O BESSA É O MAIS COMPETENTE E DEMOCRÁTICO PROFESSOR DO COSMOS.O ELY É O CARA. E PONTO FINAL.ESTOU INDO PARA A CARREATA DO OMAR AZIZ QUE É MAIS INTERESSANTE.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
adeice Torreia comentou:
22/09/2010
Bessa, brilhante como sempre. Como macuxi que sou, (Roraima é berço dos macuxi., na Amazonia?!) fiquei emocionada com sua avaliação do Professor Ely. Uma apresentação e tanto!. Ligado aos Raposos de Roraima... vai longe. Boa sorte.
Comentar em resposta a adeice Torreia
Avatar
adeice torreia - RR comentou:
22/09/2010
Bessa, tu é demais professor. Como macuxi, que sou ( Roraima) fiq
Comentar em resposta a adeice torreia - RR
Avatar
Hagá Romeu Pinto comentou:
22/09/2010
Cala boca, Vânia! 1- A UFAM está muito longe de ser a melhor universidade do mundo; 2- Devemos relativizar o que escrevemos a respeito do Bessa (pelo menos até entender o que está acontecendo); 3- O Bessa publicar o que tu escreveste, não faz de ti uma pessoa sóbria. Mais uma vez: Cala boca, Vânia!
Comentar em resposta a Hagá Romeu Pinto
Avatar
Márcio Lira comentou:
22/09/2010
Professor, eu sou mais um fiel leitor que também senti saudades das risadas que eu dava lendo tuas crônicas. O cenário é um dos piores que já vi. Quando achava que a situação estava ruim, o humor das tuas palavras para me acalentar o coração. Agora não tenho esperança e nem acalento. O que está acontecendo?
Comentar em resposta a Márcio Lira
Avatar
Homem Indignado (blog do Sarafa) comentou:
22/09/2010
Afinal não somos todos indios.Eu tambem sou um indio de fora tentando desbancar esses caciques belões de sangue azul.Dalhes amazonenses,a urna vos pertece.
Comentar em resposta a Homem Indignado (blog do Sarafa)
Avatar
E se... (blog do Sarafa) comentou:
22/09/2010
E se cair um diluvio em manaus no dia 3 de outubro?; E se Omar morrer antes da eleição?; E se a Policia Federal deslanchar a operação Encontro das Éguas ainda a tempo de mudar o quadro eleitoral?; E se a Dilma vier para um comicio monstro do Alfredo na Zona Leste e gravar pedindo voto pro Alfredo?; E se O amazonino for cassado e o Sarafa for empossado antes das eleições?; E se as pesquisas estiverem manipuladas como em 94,98,2002,2006?; E se… É gente quem pensar que o quadro está definido pode
Comentar em resposta a E se... (blog do Sarafa)
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
22/09/2010
COMO DIRIA MINHA AVÓ: SERÁ O IMPOSSÍVEL? A UFAM É A MELHOR UNIVERSIDADE DO MUNDO E O PROFESSOR RIBAMAR BESSA O MAIS COMPETENTE E DEMOCRÁTICO PROFESSOR DO COSMO. PAULO ( SERÁ QUE ESSE É SEU NOME) SE QUIZER ENTENDER MELHOR LEIA UMA MATÉRIA PUBLICADA AQUI NO "TAQUI" DENOMINADA: VÂNIA E MARILZA
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
21/09/2010
E pensar que essa Vania Tadros foi aluna nota dez do Ribamar Bessa ! Neste momento o Babá deve estar se perguntando. Aonde foi que eu errei ? Ou será que é o método utilizado na UFAM que estimula esse tipo de visão de mundo ?
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
21/09/2010
GABRIELA CRIA UM TWITTER QUE EU VOU ESCREVER NELA BJINHOS
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Deuzina Tupinamba comentou:
21/09/2010
Obrigada pela excelente indicação e também pela fórmula eficiente para lembrar do número do candidato.
Comentar em resposta a Deuzina Tupinamba
Avatar
Gabriela Sampaio comentou:
21/09/2010
Estou com o Sr. Hagá. Voto no Ely se tu, Bessa, voltares a escrever com humor, dando cacetadas nesses nossos governantes. E também participarei da campanha "Cala boca, Vânia". Que tal um twitter?
Comentar em resposta a Gabriela Sampaio
Avatar
André Ricardo, correção comentou:
20/09/2010
Falei besteira quanto ao Maluf. Ele falou "estupra, mas não mata" é tão ruim quanto o "relaxa e goza" da Suplicy. Enfim, pense num político ladrão mas que vote contra o aborto: nele voto, no PT não.
Comentar em resposta a André Ricardo, correção
Avatar
Terezinha souza comentou:
20/09/2010
Pareabéns Bessa pelo seu inteligente artigo. Sua siceridade e seriedade com que aborda os assuntos legitima e credencia uma atitude tão pacional a fovor de uma liderança indígena no Amazonas. Conheço o professor Ely Macuxi e sei do seu trabalho a favor dos povos indígenas; pessoa séria e responsavel e aqui avaliso seu nome para Deputado Estadual no Amazonas. EL, ELY É O CARA!
Comentar em resposta a Terezinha souza
Avatar
Heber Cruz comentou:
20/09/2010
E no "roscofe" não vai nada nâo??? Sei que o Ely é um cara gente boa, mas a turma do PT entrou no poder morta de fome e comeu mais que ferida braba. Veja a quantidade enorme de operações realizadas pela Policia Federal com os mais variados nomes. O Ely tem que esperar mais uns vinte anos até os nossos netos estarem totalmente politizados e aculturados e os Lins tentando entrar em "Nosso Lar". Valeu pela crônica, muito bem elaborada e criativa, voce sim é o "cara"....
Comentar em resposta a Heber Cruz
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
20/09/2010
MEMORIQ, A MARILENE CORREA ESTÁ CONCORRENDO A UMA VAGA PARLAMENTAR E NÃO ADMINISTRATIVA. DE AMAZÔNIA E SEUS PROBLEMAS ELA CONHECE. MARILENE É UMA MULHER ATIVA. VOU VOTAR NELA E NO GRANDE SENADOR ARTHUR VIRGÍLIO.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
comentou:
20/09/2010
GIER A MARILENE ESTÁ CONCORRENDO A UMA VAGA PARLAMENTAR E NÃO ADMINISTRATIVA. DE AMAZÔNIA E SEUS PROBLEMAS ELA CONHECE. VOU VOTAR NELA E NO ARTHUR VIRGÍLIO
Comentar em resposta a
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
20/09/2010
AH ROMEU.... ESSA TUA CAMPANHA CONTRA MIM VAI SER TÁO INÓCUA QUANTO A TUA CONTRA O OMAR AZIZ. EU VOU CONTINUAR FALANDO,ESCREVENDO.....E O OMAR VAI CONTINUAR SENDO OVACIONADO PELOS AMAZONENSES E PERMANECERÁ GOVERNADOR DEPOIS DA ELEIÇÃO. A ONDA 33 ESTÁ CRESCENDO À CADA DIA MAIS. O POVO EM SUA MAIORIA É QUE ESCOLHE SEUS GOVERNANTES E NÃO MEIA DÚZIA DE CHORÕES. SURTA, TE RASGA, MAS ESSA É A VERDADE. MENTIRAS E CALÚNIAS NÃO COLAM MAIS NO AMAZONAS.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
ELY MACUXI comentou:
20/09/2010
Companheiro é companheiro, parente é parente, amigo é amigo, Guerreiro é Guerreiro. Fiquei envaidecido com vossa declaração de apoio a minha candidatura a Deputado Estadual pelo Amazonas. Vosso apoio estimula e motiva a continuar lutando até o último momento por nossa vitoria no próximo dia três de outubro. Nossa esperança é que o povo do Amazonas consiga entender, neste momento, a importância do seu voto para que as populaç
Comentar em resposta a ELY MACUXI
Avatar
Mauricio Sousa comentou:
20/09/2010
Que vergonha, palhaçada eleitoral e candidato de mentira já bastam os da tv. Os textos inteligentíssimos e ao mesmo tempo engraçados não vêm mais?
Comentar em resposta a Mauricio Sousa
Avatar
Aparecido Souza e Silva comentou:
20/09/2010
Comentar o que mais véio,já mandaram tudo, é bom mesmo ter o Ely na parada, um defensor dos indigenas do BRASIL, na Cãmara dos Deputados,é ELE em BRASILIA e o CIDÃO em São Vicente,pois são poucos os defensores destes póvos. ABRAÇÃO e vamos nessa.
Comentar em resposta a Aparecido Souza e Silva
Avatar
francisco felix comentou:
20/09/2010
É bom saber que temos algém tão qualificado para defender a causa indígena como Deputado Estadual.Mas não é só na Assembléia que os povos indígenas não têm representação. Em Boca do Acre, apesar dos milhares de Apurinâ e Jamamadi, nunca se elegeu um índio vereador. Do mesmo modo, em toda a calha do Purus. Ely, se o Babá falou, punto e basta, como diz aquele cara que só pensa naquilo: "Ha’e xeirŨ porã ete". Eu voto na Lúcia (a Antony), mas vou lembrar esse nome às lideranças indígenas d
Comentar em resposta a francisco felix
Avatar
Gier Memóriq comentou:
19/09/2010
Bessa, sei que vc como pesquisador e como homem de ciência, gostaria, sinceramente, que vc tomasse cuidado ao apoiar políticos. Já vi o nome de Marilene Corrêa (vixe, credo)em seus textos, e para falar a verdade, ela deixou a UEA falida, com funcionários petistas acumulando até 3 cargos na reitoria. Agora, não conheço o Ely, mas petistas tem um modo de se afastar de seus princípios. É SOMENTE uma observação, para que você não se iludisse, como se iludiu com o LULA. Assim mesmo, você é brilhante.
Comentar em resposta a Gier Memóriq
Avatar
Hagá Romeu Pinto comentou:
19/09/2010
Bessa, sou eleitor do Amazonas e te proponho agora um acordo: eu voto por ti e tu falas por mim. Prometo votar no professor Ely por ti e por todos os índios do Amazonas se tu voltares a escrever por mim e por todos os Amazonenses. A dúvida continua: devemos votar na situação e eleger um ser desprovido de inteligência como o “Omau Aziz”? Ou devemos votar na “oposição” e eleger o Cabo Pereira ? Me tortura, chuta meu saco que eu aguento. Já um cenário desse, me mata!
Comentar em resposta a Hagá Romeu Pinto
Avatar
Hagá Romeu Pinto comentou:
19/09/2010
Serei obrigado a iniciar a campanha intitulado “Cala a boca Vânia Tadros”. Ela está pior que o Galvão Bueno...
Comentar em resposta a Hagá Romeu Pinto
Avatar
Giêr Memória comentou:
19/09/2010
Bessa, sei que você como pesquisador, e como um grande homem de ciência, gostaria, sinceramente, que vc tomasse cuidado ao apoiar políticos. Já vi o nome de Marilene Corrêa (vixe, credo)em seus textos, e para falar a verdade, ela deixou a UEA falida, com funcionários petistas acumulando até três cargos na reitoria. Agora, não conheço o Ely, mas petistas tem um modo de se afastar de seus princípios. É SOMENTE uma observação, para que você não se iludisse, como se iludiu com o LULA. Assim mesmo, v
Comentar em resposta a Giêr Memória
Avatar
Linviston Ferreira comentou:
19/09/2010
Parabéns me surpreenderam hoje, ao abrir o Diário do Amazonas me deparei com o artigo "Ele, Ely é o cara", texto bem elaborado, inteligente e que demonstra pesquisa... Não conhecia o autor, apesar de o seguir no twitter (@taquiprati) pesquisei para tentar conhecer outros artigos, agora peço autorização para plagiá-lo: Ely, José R Bessa Freire é o cara.
Comentar em resposta a Linviston Ferreira
Avatar
Ana comentou:
19/09/2010
Estou torcendo por você Ely. Que tu possas entrar, na Assembleia, pela porta da frente e representar os grupos indígenas e o povo do Amazonas. Muito bom Bessa!! Só vc para escrever esta crônica magnífica.
Comentar em resposta a Ana
Avatar
Susana Grillo comentou:
19/09/2010
Querido prof. Bessa, conheço o Ely por telefone quando ligava para o MEC sobre a criação das escolas indígenas em Manaus... fez um seminário com a secretaria municipal para discutir a questão... enfim um ativista da educação indígena que eu admirava pelo esforço e não sabia nada da sua formação e dos outros talentos. Merece ser eleito e pluralizar essa assembleia que ainda usa o termo índio como estigma... Ely é o cara !!! Abraços
Comentar em resposta a Susana Grillo
Avatar
susana grillo comentou:
19/09/2010
Bessa, dei um comando errado aqui e nao conclui o comentário... enfim um ativista da educação indígena que eu admirava pelo esforço e não sabia nada da sua formação e dos outros talentos. Merece ser eleito e pluralizar essa assembleia que ainda usa o termo índio como estigma... Ely é o cara !!! Abraços
Comentar em resposta a susana grillo
Avatar
Susana Grillo comentou:
19/09/2010
Querido prof. Bessa, conheço o Ely por telefone quando ligava para o MEC sobre a criação das escolas indígenas em Manaus... fez um seminário com a secretaria municipal para discutir a questão... ENFIM rio p co ocó
Comentar em resposta a Susana Grillo
Avatar
Fátima comentou:
19/09/2010
A UFRR vai recomeçar no dia 25/09 os cursos de língua e cultura macuxi e língua e cultura wapichana que acontecem no Instituto Insikiran desde setembro de 2009. Ainda não conseguimos nehum apoio financeiro além do valor das inscrições, mas vamos à luta! Assim como Ely, espero que os candidatos indígenas de Roraima também entrem, em especial o Fausto Mandulão que também é professor...
Comentar em resposta a Fátima
Avatar
Paulo Paca comentou:
19/09/2010
Paca tatu cutia não, ingá! propaganda política, com número, lembrancinha e o cacete a 4, só vai ajudar a fazer legenda pra eleger aquele crápula fisiologista do sinésio. Melhor sugerir a teu candidato fazer política pessoalmente nas áreas indígenas diversas, a partir do baixo amazonas, onde tem mais eleitores indígenas, pois infelizemente este meio de propaganda ainda não chega até eles. Boa sorte a ele, pois realmente os povos da floresta precisam de representatividade política, algo que a
Comentar em resposta a Paulo Paca
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
19/09/2010
PIOR FOI A CANALHICE QUE O LULA FEZ COM A PROF MARILENE, PESAQUISADORA DE RESPEITO. É COMO A HELOÍSA HELENA DISSE: ENQUANTO ELE ABRAÇA ENFIA UM PUNHAL NAS COSTAS DO ABRAÇADO, PARA QUEM AINDA NÃO TEM CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL É BOM VOTAR NO ELY, O CARA. QUEM É CONTRA A LEGALIZAÇÃO DO ABORTO, COMO EU, NÃO VOTEM NA VOVÓ DILMA. ELA NÃO TEM SENSIBILIDADE PARA SE PREOCUPAR COM A VIDA DE NACITUROS, VOTEM EM MARINA SILVA
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Marcello comentou:
19/09/2010
Faço das palavras de Ruth as minhas... São poucas pessoas que conheço com esta propriedade de escrita. Parabéns!
Comentar em resposta a Marcello
Avatar
Pablo de freitas lopes comentou:
18/09/2010
Realmente o Ely é um grande ser humano. Pena estar num partido que fala certas coisas faz outras ee tem outras intenções!!! Mas muito bom o texto e as informações, quando o senhor vier ou rio me mande um e-mail parra ver se podemos nos encontrar!!
Comentar em resposta a Pablo de freitas lopes
Avatar
André Ricardo comentou:
18/09/2010
E aborto é assassinato. Prefiro o Maluf, que rouba, ao Lula, que disse que aborto é questão de "saúde pública".
Comentar em resposta a André Ricardo
Avatar
André Ricardo comentou:
18/09/2010
Não voto em ninguém do PT desde quando este partido expulsou integrantes por serem contrários ao aborto.
Comentar em resposta a André Ricardo
Avatar
Ruth Monserrat comentou:
18/09/2010
Porreta, professor Bessa! Na lata! Desculpe o linguajar meio arcaico mas condizente com minha vetusta idade. Sério, se eu tivesse o título de eleitor em Manaus, com toda a certeza votaria no Ely. Tomara que ele chegue lá.
Comentar em resposta a Ruth Monserrat