CRÔNICAS

MARINA E O LEPROSO DO EVANGELHO

Em: 28 de Setembro de 2014
Tags:
Visualizações: 7057
Tem gente com opinião tão volúvel quanto a bufunfa que circula na ciranda financeira internacional. Muda de ideia com a rapidez do capital volátil que saltita de um país ao outro em busca de juros mais elevados. Marina é assim - dizem seus adversários, que não olham o próprio rabo.
Confesso que também sou uma dessas pessoas de alma inconstante. Troco de ponto de vista diante de um bom argumento. Qualquer raciocínio lógico e bem fundamentado me seduz e me deixa ajoelhado. Jamais me caso com uma opinião "até que a morte nos separe". Apenas "fico" com ela enquanto dá. Meu compromisso não é com a ideia que tenho, mas com a melhor ideia que existe.
Foi assim com o sistema de cotas nas universidades. Hoje, defendo ardorosamente as cotas depois de observar o rendimento de meus alunos cotistas, mas passei meses como couro de rica, indo pra lá e pra cá, um dia a favor, o outro contra, ao sabor de argumentos e contra-argumentos de  meus interlocutores. Quem faz minha cabeça são as conversas com os amigos, as leituras e a observação da realidade. Minha opinião não cai do céu. E nessas eleições presidenciais?
Pois Zé!  Deixei de ser eleitor fiel do PT, de cuja fundação participei, depois que, no poder, começou a fazer lambanças, engavetando princípios e vivendo em promiscuidade política com os Sarney, os Collor, os Barbalho. Agora, voto quase sempre no PSOL e no segundo turno, quando dá, vou de PT. Que jeito! Esse é meu campo, minha história. Nessas eleições já troquei Dilma por Luciana e, com a morte de Campos, migrei para Marina em quem votei em 2010. Se der Aécio no segundo turno, volto para Dilma. Meus amigos e familiares, quase todos localizados neste campo, discordam, mas sem argumentos partem para a ofensa pessoal:
- Aventureiro! Infantil! - bradou agressivamente um amigo petista que ocupou cargo em comissão no governo PMDB/PT no Amazonas. Fiquei com pena dele que não é mais capaz - não sei se algum dia o foi - de viver uma aventura. De qualquer forma, como não pode apresentar argumentos válidos, ataca o argumentador, acreditando que o insulto convence. Não aceita divergências nas próprias fileiras. Quer unanimidade. 
Doze razões
Quem apresentou um texto límpido e insinuante foi Alfredo Bosi, professor de Literatura Brasileira na USP, que escreveu "As onze razões para votar na Dilma", exaltando as qualidades da candidata, sem inventar defeitos aos adversários. Ele vota na Dilma porque a considera melhor e não porque Marina é bandida.  Balançou o meu coreto, é assim que se faz avançar a consciência política. Só não me convenceu porque tenho doze razões para votar na Marina. Uma a mais. Textos como o de Bosi são, porém, uma exceção. O que predomina é a truculência que toma conta da propaganda eleitoral e das redes sociais. Querem te "convencer" no grito.
Começou com a presepada de que Marina, por ser evangélica, é fundamentalista e crê que Deus criou o mundo em uma semana, contrariando a ciência. Não colou. Depois, que Marina é de direita e quem é de esquerda não pode votar nela. Não colou. Veio a história da autonomia do Banco Central, mas como o eleitor não sabe se autonomia se come com farinha, passaram a jogar pesado:
- Marina vai explodir o bolsa-família, o  minha-casa-minha-vida, o ProUni, o Pronatec, o Fies e todos os programas sociais, vai acabar com o 13° salário, as férias e o pré-sal, vai interromper a transposição do rio São Francisco e a Transnordestina, vai privatizar a Petrobrás, a Caixa e o Banco do Brasil e se derem sopa vai devolver o Acre para a Bolívia.
Parece que está colando. Com menos de dois minutos de propaganda eleitoral na TV contra mais de 10 minutos de Dilma e sem espaço na mídia para esclarecer que não é bem assim, Marina perde eleitores segundo as últimas pesquisas do Ibope. Agora, o papo é apontá-la como serva fiel do imperialismo americano, conforme artigos que pululam nas redes.
Um deles foi escrito por Luiz Alberto Moniz Bandeira, 78 anos, cientista político, nomeado no governo FHC adido cultural do Brasil na Alemanha (1996-2002) onde vive até hoje. Ele se apresenta como "livre pensador independente". Independente de quê? Não diz. Ex-bolsista da Ford Foundation e do Social Science Research Council garante que Marina "pretende voltar aos tempos da ditadura do general Castelo Branco e proclamar a dependência do Brasil" aos Estados Unidos. Ele escreveu isso, eu juro. Que horror! Que desrespeito com quem lutou contra a ditadura! Quanta leviandade!
Discurso do medo
O coro foi engrossado por Nil Nikandrov, jornalista da revista russa online  Strategic Culture Foundation. No artigo "Marina Silva - parte de plano para desestabilizar o Brasil", ele nos assegura que "Washington lançou campanha de propaganda em grande escala em apoio a Marina Silva". Diz que ela defende interesses dos gringos e vai enfraquecer o Mercosul: "Não há dúvida alguma de que, com Marina Silva na presidência, o Brasil passa a alinhar-se mais decisivamente com os EUA". Nikandrov não exibe qualquer prova ou evidência, nem lhe foi pedido ou perguntado.
Quem insiste com a mesma lenga-lenga é a Agência Bolivariana de Notícias, da Venezuela, para quem a eleição no Brasil é a luta do bem contra o mal. O economista Miguel Angel Ferrer avisa a seus leitores que "Marina, de extrema direita, está alinhada aos ditados de Washington" e "conspira contra o exitoso programa brasileiro de combate à fome que será substituído por algum programa do FMI para que os mais pobres se rasguem com suas próprias unhas". Ele escreveu isso - eu juro. Que horror! E tem gente que acredita. É um ato de fé.
O PT sabe fazer o discurso do medo. Já provou desse veneno e nós com ele. Mas o discurso terrorista do medo é pobre em argumentos válidos. Sem raciocínio lógico, sem evidências, não seduz, agride a inteligência do (e) leitor a quem pretende intimidar. Quem não aceita tal discurso, pelo menos no campo onde circulo, é discriminado como o leproso do evangelho, que era a doença mais terrível do planeta. Te rifam do convívio e passam a te olhar de revestrés, como se a Neca de Pitibiribas tivesse comprado teu voto e tua consciência.

Acontece que se um bom argumento nos convence, a truculência nos aferra ainda mais em nossas convicções. Manipulação barata não! No próximo domingo, voto em Marina. Entusiasmado, embora solitário em relação a amigos e familiares. Solitário, mas com trinta milhões de brasileiros anônimos, entre os quais alguns conhecidos como Gil, Caetano, Marcos Palmeira, Fernando Meirelles. Só mudo se a senadora Kátia Abreu, a mulher do agronegócio, deixar de  mandar na Funai, como fez até agora no governo Dilma e se Marina ameaçar mantê-la à frente da política indigenista. A questão indígena: essa sim é a décima segunda razão para votar na Marina. Sem medo de ser feliz.

Comente esta crônica



Serviço integrado ao Gravatar.com para exibir sua foto (avatar).

43 Comentário(s)

Avatar
Rodrigo comentou:
02/10/2014
Senti falta de um aprofundamento na questão do Banco Central. Quais são as consequências da dita autonomia (ou independência)? Isso me parece bastante importante para ser passado assim de relance.
Comentar em resposta a Rodrigo
Avatar
Henrique Cavalleiro comentou:
30/09/2014
Votei no PT várias vezes, muito menos a favor dele e mais contra o PSDB. Acho que teve méritos sociais. Ocorre que atuei na questão indígena por vinte e quatro anos, tema sobre o qual o governo petista foi, de longe, o pior de todos. O mesmo no meio ambiente. O mesmo na gestão administrativa, com os 39 ministérios e milhares de cargos comissionados abocanhados pelos apaniguados da tal base aliada. O socialismo do PT tem o apoio de Maluf, Sarney, Daniel Dantas, Eike Batista e Kátia Abreu. Enfim, nunca mais voto no PT. Pensei em votar na Marina mas desisti quando ela se tornou mais neoliberal que o Aecio. Dilma e Marina: duas esquerdistas que caíram no colo da direitalha. Vou votar na Luciana Genro, mesmo sem gostar muito daquele sectarismo do PSOL, mas pelo menos ela é coerente. E no segundo turno, pela primeira vez na vida, vou anular. Agora, não fico patrulhando nem cobrando coerência de quem vai votar na Dilma ou na Marina...e nem no Aécio. O Milton Nascimento declarou apoio ao tucano e nem por isso vou deixar de admirá-lo. Saravá.
Comentar em resposta a Henrique Cavalleiro
Avatar
Marlene Ribeiro comentou:
30/09/2014
Querido amigo, Bessa, Como tu, participei da fundação do PT, no Amazonas, e da campanha do Lula, em 1982. De, fato, era outro PT e por isso me desfiliei. Tinha uma admiração pela Marina associada às minhas pesquisas que tratam da educação do campo associadas a um compromisso com os trabalhadores da CONTAG e da Via Campesina. Esse compromisso me permite estar informada sobre tais movimentos sociais e recebi uma mensagem registrando que o Sindicato dos Seringueiros do Acre não aconselharia a votar na Marina. Além disso, na Semana Farroupilha, a Marina esteve aqui e se reuniu com o setor do agronegócio que eu venho combatendo devido ao desmatamento, ao uso de agrotóxicos e de sementes transgênicas que agora poderão expulsar muitos agricultores com a ação da Monsanto. Então, Bessa, estou em dúvida e respeito a tua decisão, mas penso que não votarei na Marina. Um abraço. Marlene Ribeiro (Ex Pardo).
Comentar em resposta a Marlene Ribeiro
Avatar
Mauricio Negro comentou:
29/09/2014
É por aí, Bessa. Vou de Marina pelos mesmos motivos, mesmo sem tanto entusiasmo. Num eventual segundo turno sem Marina, não sei. Será como escolher morte por asfixia ou por envenenamento. Mas acho essencial a sucessão de poder, de qualquer forma. É bom que Marina vença e nos convença de ter votado direito.
Comentar em resposta a Mauricio Negro
Avatar
Viviam Secin comentou:
29/09/2014
Sempre Mestre Bessa, Vc não está só. Também acredito ser a hora de termos um governo que pense de forma mais ampla e ecológica. Abçs Viviam
Comentar em resposta a Viviam Secin
Avatar
Viviam Secin comentou:
29/09/2014
Sempre Mestre Bessa, Vc não está só. Também acredito ser a hora de termos um governo que pense de forma mais ampla e ecológica. Abçs Viviam
Comentar em resposta a Viviam Secin
Avatar
Ana Stanislaw comentou:
29/09/2014
Eu também faço parte do grupo de leprosos! rsrs Muito bom, Bessa.
Comentar em resposta a Ana Stanislaw
Avatar
Evelyn Orrico comentou:
29/09/2014
Bessa é sempre muito bom "te ouvir" nas páginas do taquiprati. Vc sempre muito lúcido, por vezes irônico e satírico, mas sempre bem humorado, inteligente e sensível. Sempo concordo com você. Hoje, no entanto, vou me permitir discordar. Vc declara o uso, pelo PT, do discurso do medo e apresenta 3 falas que ilustrariam essa agressão a Marina, em bases absolutamente insustentáveis. A primeira delas foi de um adido cultural nomeado por FHC; a segunda, de um jornalista russo; e a terceira, da agência bolivariana. Nenhuma das 3, do PT. O que me faz votar no PT ainda com tranquilidade foi a inversão de prioridades nas políticas públicas que o partido introduziu no país a partir de Lula na presidência. Não vou falar dos projetos sociais propriamente ditos, que são muitos, mas vou me fixar em nosso campo, o da universidade. É inegável o avanço no quadro universitário, pelo estímulo à infra-estrutura; ampliação de cursos e do quadro docente; da quantidade - e do valor - das bolsas, etc, etc. Precisamos insistir na qualidade do trabalho, é claro; mas é inegável que houve avanços, contra um projeto privatista que estava em curso via FHC. A trajetória de Marina é incrível: analfabeta até os 16 anos, conseguiu dar a volta por cima. Sem dúvida, é uma mulher inteligente. No entanto, não gostei quando ela, ao quere registar o seu partido, ter se manifestado como vítima de truculência porque não quiseram reconhecer as assinaturas que ela teria apresentado. Ora, o problema foi que muitas de suas assinaturas não estavam devidamente reconhecidas pelas instâncias institucionais competentes. E olha que a impugnação ocorreu, em grande parte, em estado em que o PT não manda muito (ou quase nada): São Paulo. Aliás, quem deve reconhecer as assinaturas é a Justiça Eleitoral e elas precisam ser reconhecidas até para evitar fraudes. Em relação a isso, Adriana Calcanhoto, reclamando do não reconhecimento de sua assinatura, acabou dizendo no artigo que não votava há várias eleições. Como sua assinatura seria reconhecida? A resposta de Marina em relação a essas impugnações foi leviana, repetindo uma forma antiga - e condenada por ela - de reagir politicamente. Aliás, em relação a instituições, essa proposta de governar com os melhores nomes, sem olhar partidos, a mim assusta muito. Desconheço ações políticas que sejam vitoriosas à margem das instituições e promulgadas por "pessoas independentes". Como vc bem pontua no seu texto em relação ao adido cultural - "livre pensador independente. Independente de quê?". É isso, Bessa. Vc é infinitamente melhor do que eu nas palavras, na argumentação, nas experiências de vida, mas quis abrir esse diálogo com vc, até mesmo para ouvi-lo em réplica, se vc achar que vale a pena. bjs
Comentar em resposta a Evelyn Orrico
Avatar
José Cyrino Jr comentou:
28/09/2014
Babá, presentemente o debate político é tão pequeno e tacanho que desestimula participar. Ataques pessoais, reducionismos, dissimulações, mentiras, obviedades, etc. Pouquíssimo de esclarecimiento e aprendizado tenho colhido do que ouço e leio sobre o momento. O que tem me causado muita inquietação é que a questão da corrupção estatal - está nas entranhas dos três poderes- passa pela discussão como coisa episódica, secundária. Meu sentimento é de que o grande projeto para o Brasil hoje é enfrentar com radicalismo a corrupção até reduzi-la ao máximo, de sorte a que atos de corrupção sejam decorrentes de particularidades da falibilidade humana e não mais da cultura. Então no clima de reducionismo fiz uma escolha: vou às urnas contra a corrupção, ainda que minha contribuição para isso seja ínfima, não importa, grande é meu sentimento!
Comentar em resposta a José Cyrino Jr
Avatar
Toni Lotar comentou:
28/09/2014
Já eu me mantenho firme na opção Marina desde que ela assumiu o lugar de Eduardo Campos. E a cada mentira da campanha da Dilma ou sofismas do Aécio só reforça minha decisão de votar na Marina. E estou convicto que no segundo turno vai prevalecer a máxima de Abraham Lincoln, "ninguém engana todo o povo todo o tempo", e Marina será eleita para dar um choque de ética e sustentabilidade na condução do Brasil. Vamos dar um basta na corrupção e má gestão deslavadas que flagelam nosso País!
Comentar em resposta a Toni Lotar
Avatar
Nilda Alves comentou:
28/09/2014
Querido amigo, como sempre adoro suas crônicas, mas vou lhe dar mais quatro razões para votar em Dilma que nosso querido Professor Bosi esqueceu de indicar: 12) Dilma teve coragem de entender a importância da interiorização das universidades federais e fez centenas de concursos públicos de professor para incrementar isto - deixamos de ser um país de caranguejos; 13) Dilma teve coragem de colocar em curso a Comissão da Verdade, buscando a história deste país que se quis calar - e os torturadores tiveram que se apresentar; 14) frente ao movimento de junho/julho 1013, teve a coragem de mandar uma proposta de mudança da lei eleitoral neste país, do que precisamos para não continuarmos a ter essas maiorias no Congresso que embaraçam as mudanças que nos faltam; 15) Dilma teve coragem de dizer - quando a presidente do FMI veio buscar mais dinheiro aqui - que preferia formar um bloco com os BRICS mostrando que os organismos do capitalismo pós-guerra estão sendo superados ou ajudar diretamente os países que precisam, como tem feito com Cuba e com outros latino-americanos. Desculpe, mas este último, as alianças de Marina com os bancos não vai permitir continuar e PRECISA continuar. Grande abraço com o carinho e o respeito de sempre Nilda Alves
Comentar em resposta a Nilda Alves
Avatar
Ruben Caixeta de Queiroz (via FB) comentou:
28/09/2014
- Sigo com o José Bessa e com a Marina!
Comentar em resposta a Ruben Caixeta de Queiroz (via FB)
Avatar
Beto Vianna (via FB) - comentou:
28/09/2014
excelente texto do zé ribamar, ainda que eu mesmo provavelmente não vote na marina. aliás, morro de pena (pena, mesmo, não é ironia sacana) daqueles que são obrigados a só dizer coisas boas do próprio candidato e vice-versa, por limitações morais ou de auto-patrulha. "Acontece que se um bom argumento nos convence, a truculência nos aferra ainda mais em nossas convicções." (do autor). eu, de meu lado, diria: se um bom argumento talvez me convença, a truculência mantém minhas dúvidas maravilhosamente firmes.
Comentar em resposta a Beto Vianna (via FB) -
Avatar
Ricardo Cavalcanti-Schiel comentou:
28/09/2014
Bessa, dessa vez você realmente se esmerou na arte do contorcionismo! Querer, em última instância, justificar a virtude de uma candidatura com um programa de governo socialmente predatório como o da Marina por causa da Kátia Abreu é realmente querer ver o mundo a partir de um gueto. Depois do indigenismo, o dilúvio! Felizmente, a política em que eu acredito nunca foi um exercício de eflúvios biliares secretados a partir de um gueto. Claro que o governo Dilma tem uma infinidade de problemas, mas querer que o céu baixe à terra para que a perfeição seja feita obra é: 1. recusar o trabalho da política; 2. mera sedução milenarista. Não preciso nem de onze nem de doze razões para votar. Em nome do realismo, da racionalidade e do progressismo, vou com Dilma!!!!!
Comentar em resposta a Ricardo Cavalcanti-Schiel
Avatar
XGrTKFs4C comentou:
04/10/2014
Hi Robert, you can send your contact infmaortion (name, current address, current phone, and current email address) to FAX number 310-301-1710. Once the selection process for the affordable units has been determined, all persons on the affordable housing wait list will be contacted. Thank you for your interest!
Comentar em resposta a XGrTKFs4C
Avatar
Andrea Lombardi comentou:
28/09/2014
OI Bessa, seu texto é bom a bessa! Gostei, sim, procede naturalmente... eu acrescentaria outras razóes...1. Marina foi alfabetizada aos 16 anos e mostrou que vai cuidar da educação. 2. Espera-se uma mudança na política das rel. exteriores. 3. Depois de 12 anos (doze!) é preciso alternância! Ou esperamos que na próxima eleição vai o ex Presidente novamente ?4. Governar com 16 partidos significa governar de forma autoritária e sem controle (o Paulo Roberto da Petrobrás foi nomeado por quem?) 5. O sistema de voto brasileiro não funciona mais (é imperial demais). O presidente impera sobre Congresso e tudo... 6. Atualmente o Pt está em qualquer lugar (na Petrobrás, nos fundos de pensão, no Banco do Desenvolvimento, no Banco do Brasil ) e .... onde mais: e mais 7 motivos eu vou me reservar para mais adiante!
Comentar em resposta a Andrea Lombardi
Avatar
Maria Correa (via FB) comentou:
28/09/2014
Eu acho que as redes sociais estão reproduzindo um pouco o horário político, que,com acusações,mentiras e terrorismo barato em nada contribuiu para a democracia e o esclarecimento do eleitor.Eu percebo que as pessoas perdem mais tempo em desqualificar os seus opositores do que qualificar o seu candidato e a decisão do seu voto. Isso empobrece o debate e enfraquece esse momento tão importante para o país!Pena!!!
Comentar em resposta a Maria Correa (via FB)
Avatar
Maria Correa (via FB) comentou:
28/09/2014
Eu acho que as redes sociais estão reproduzindo um pouco o horário político, que,com acusações,mentiras e terrorismo barato em nada contribuiu para a democracia e o esclarecimento do eleitor.Eu percebo que as pessoas perdem mais tempo em desqualificar os seus opositores do que qualificar o seu candidato e a decisão do seu voto. Isso empobrece o debate e enfraquece esse momento tão importante para o país!Pena!!!
Comentar em resposta a Maria Correa (via FB)
Avatar
Ana comentou:
28/09/2014
Pouquíssimos intelectuais têm coragem de assumir seu ponto de vista, quando esse difere do, de conceituados intelectuais. Como se não pensassem diferente daquele que primeiro deu sua opinião, ou se isso fosse vergonhoso. Sempre achei isso terrível. Para quem entendeu o que eu disse, para mim, essa é a maior virtude do Bessa. Parabéns!
Comentar em resposta a Ana
Avatar
VANIA NOVOA TADROS comentou:
28/09/2014
VOU ACEITAR ESSA DECISÃO DO BESSA, SEM ENTENDER,COMO ACEITEI O SEU APOIO COM ARTIGOS ELOGIOSOS A JOSÉ DUTRA CANDIDATO DERROTADO, APOIADO PELO GILBERTO MESTRINHO, AO GOVERNO DO AMAZONAS EM 1992. NO FUNDO ELE SE IDENTIFICA COM A MARINA. EU VOTAREI NO AÉCIO NEVES SEM TEMER NADA NEM A NINGUÉM COMO SEMPRE.
Comentar em resposta a VANIA NOVOA TADROS
Avatar
sTvTHb0MRUT comentou:
05/10/2014
Thank you for your interest in Shores. Shores will be maaegnd by one of the owners, whose team maaegnd the Del Rey Shores Apartments which operated on this site from its construction in the mid-1960s until Fall 2010.Please sign up on the web site to join the Interest List, so that you will be provided with additional information about Shores as we near the opening in March 2013! Contato de sTvTHb0MRUT
Comentar em resposta a sTvTHb0MRUT
Avatar
Denise Maurano comentou:
28/09/2014
Isso é que é força de argumento, Bessa! Escreveu o que eu queria ter escrito. Parabéns!
Comentar em resposta a Denise Maurano
Avatar
ANÔNIMA comentou:
28/09/2014
CARA, TU É MALUCO, TÁ TE ENTREGANDO... ESSE PESSOAL É VINGATIVO SOBRETUDO QUANDO TEM CARGO EM COMISSÃO. SOU FUNCIONÁRIA PUBLICA E NO LUGAR ONDE TRABALHO DIGO QUE VOTO NA DILMA, MAS VOU VOTAR NA MARINA. NÃO QUERO CONFUSÃO COM ESSA GENTE.
Comentar em resposta a ANÔNIMA
Avatar
nietta monte comentou:
28/09/2014
mais um gol! faço tb parte do grupo nem tão solitario dos que votam em Marina! e vamos lá!
Comentar em resposta a nietta monte
Avatar
Ivo Medina comentou:
28/09/2014
Excelente artigo. Eu não tenho a menor dúvida que a Marina é a melhor candidata. Acho isso desde de 2010. E já usei a estrelinha do PT no peito durante um bom tempo.
Comentar em resposta a Ivo Medina
Avatar
Líbia Almeida (via FB) comentou:
28/09/2014
Oração do dia: que as vozes do medo, sejam mudas em mim!!!
Comentar em resposta a Líbia Almeida (via FB)
Avatar
Marco comentou:
28/09/2014
Amigo Bessa: minha posição na eleição é vista como a de um leproso que andasse por aí com uma seringa com sangue infectado de HIV ameaçando a todos. Acho a "americanalhização" da política (expressão de Carlos Nelson Coutinho) um jogo de cartas marcadas e voto nulo. Mas reconheço que fiquei emocionado com a música que Gilberto Gil fez para Marina. Os diumistas e afins, antes de jogarem pedras, deviam lembrar do antigo ditado popular: "macaco, olha o teu rabo!"
Comentar em resposta a Marco
Avatar
Alfredo Mario Lopes (via FB) comentou:
28/09/2014
Bessa, é bom a beça largar um "couro de rica" literária no toba dessa canalha. Genial, genial. Pra não perder o costume!!!
Comentar em resposta a Alfredo Mario Lopes (via FB)
Avatar
Loretta Emiri comentou:
28/09/2014
Seu raciocínio lógico e bem fundamentado seduz, caro Bessa.
Comentar em resposta a Loretta Emiri
Avatar
Afonso Nogueira comentou:
28/09/2014
O link que estou anexando não é opinativo. É notícia. Fala da postura de Maurício Rands falando nos Estados Unidos em nome de Marina. As posições de Gianetti da Fonseca parecem não fazer um conjunto intercessão com a posições históricas do Taquiprati . http://www.valor.com.br/eleicoes2014/3712428/coordenador-de-marina-rands-defende-aproximacao-comercial-com-eua
Comentar em resposta a Afonso Nogueira
Avatar
Francisco Otaviano Martins comentou:
28/09/2014
Afonso, se a Dilma ou qualquer outro candidato fossem julgados pelo que dizem seus apoiadores aqui e ali a gente não votava em mais ninguém. Só aqui no Pará, onde as barbalhidades são muitas, Dilma estaria perdida.
Comentar em resposta a Francisco Otaviano Martins
Avatar
Jose Aldemir comentou:
28/09/2014
Caro Bessa: - Marina não vai explodir o bolsa-família, o minha-casa-minha-vida, o ProUni, o Pronatec, o Fies, e todos os programas sociais, porque segundo ela são bons. Então pra que mudar?
Comentar em resposta a Jose Aldemir
Avatar
Ana Lúcia Godoi comentou:
28/09/2014
Não sei se o sr. é o José Aldemir professor da UFAM, se for, fui sua aluna, gostava muito de suas aulas. Acho que a questão não é bem ou Dilma ou Marina, se entendi bem, mas como ganhar eleitores usando golpes baixos, mentiras, calúnias. Se Marina diz que os programas sociais são bons, por que não argumentar como o sr. argumentou no lugar de mentir, como estão mentindo, para assustar as pessoas? Estou naquela lista dos indecisos, ainda não decidi meu voto, mas acho que a campanha politica não educa nem esclarece quando achincalha e calunia. A décima segunda razão para votar em Marina tem um peso para nós do Amazonas.
Comentar em resposta a Ana Lúcia Godoi
Avatar
Felipe Lindoso comentou:
28/09/2014
Bessa, Você sabe que acompanho suas colunas e leio com atenção o que você escreve. Já debati - acho que em bom nível - a questão da Neca de Catibiribecas e a Miss Moto Serra.e tentei explicar as diferenças entre as duas. E, sobretudo, a razão porque acho que a Marina é um desastre: de boas ideias está calçado o caminho do inferno, e, para mim, ela já provou ser incompetente na implementação das boas ideias dela (como a dupla Gil/Juca na cultura, por exemplo). O fato é que, além das questões centrais da política econômica = o assalariado não vai pagar a conta da crise - também tenho mil críticas ao PT e ao Lula e a Dilma. Mas, como tudo é disputa, fico na questão central. Ao contrário do que você diz, acredito - e também já escrevi sobre isso no www.zagaia.blog.br - que a política econômica esboçada pela Mariana e seus assessores vai inviabilizar o prosseguimento dos programas sociais. Por isso, voto Dilma, e espero que ganhemos logo no primeiro turno.
Comentar em resposta a Felipe Lindoso
Avatar
Creuza Stephen comentou:
28/09/2014
Marina, Bessa! Já reparou como ela muda de opinião? Você acredita nela? Eu voto no Mauro Iasi. Tem um bom programa: http://pcb.org.br/portal/ É um voto político, para marcar posição. A crise está aí e vai piorar pro nosso lado. A Marina não tem partido. Se ela ganhar e a crise for muito braba, ela não vai ter apoio. A coisa pode ficar muito feia. No segundo turno, anulo. Estou cansada de votar no menos pior.
Comentar em resposta a Creuza Stephen
Avatar
Ana Claudia Lima e Alves comentou:
28/09/2014
Tô contigo e não abro, Bessa! Desisti do PT e do Lula, nos quais sempre votei, desde que eles desistiram do projeto de país por um projeto de poder, só deles mesmos. E também por causa da baixaria, da falta de educação, da falta de respeito com que tratam todo mundo, com um cinismo safado e mentiroso. Voto na Marina porque espero que ela lidere o projeto que o Eduardo Campos queria, de um Brasil passado a limpo. Com Marina e sua turma, de banqueiros também, estou aí pra continuar fazendo a minha parte.
Comentar em resposta a Ana Claudia Lima e Alves
Avatar
Weber F. Silva (RJ) comentou:
28/09/2014
Bem articulado o artigo do Mestre Bessa. Não que Dilma seja o máximo, mas o que Marina escreve é o aprofundamento do colonialismo, da dependência, um retrocesso à era entreguista de FHC.
Comentar em resposta a Weber F. Silva (RJ)
Avatar
Vera Dodebei comentou:
27/09/2014
Querido Bessa Obrigado por esta última crônica antes das eleições!
Comentar em resposta a Vera Dodebei
Avatar
CACIQUE ROBSON MIGUEL‏ comentou:
27/09/2014
Presidente Marina Silva conquistou votos do movimento indigena.Veja a opinião da MARINA SILVA quanto ás demarcações das nossas terras indígenas: https://www.youtube.com/watch?v=fzSOYs3z9f8
Comentar em resposta a CACIQUE ROBSON MIGUEL‏
Avatar
Luciana de Paula (via FB) comentou:
27/09/2014
Voto na Dilma, mas quero manifestar meu desacordo com a baixaria que vem sendo cometida contra Marina Silva. Infelizmente, o marketing politico está contaminado pelas ideias dos marqueteiros, são eles que dão a tônica.
Comentar em resposta a Luciana de Paula (via FB)
Avatar
Eneida Simoes da Fonseca comentou:
27/09/2014
Querido Bessa! Estou com vc nessa aventura de marinar sem pestanejar e na urna a irei registrar. Com carinho, E.
Comentar em resposta a Eneida Simoes da Fonseca
Avatar
Juliana Bessa (via fb) comentou:
27/09/2014
No segundo turno ( torço para que tenha), lerei com calma o artigo do Bosi! E gostaria do confronto ( olhar com a fronte para um mesmo horizonte)com os seus....Por enquanto, não uso voto válido nem com Aécio....
Comentar em resposta a Juliana Bessa (via fb)
Avatar
Geraldo Sá Peixoto Pinheiro (via FB) comentou:
27/09/2014
Crônica do José Bessa. Fala das razões de sua opção pela Marina. Serena e super sensata. Sem politicagem ou politiquices... E muito gostosa de ser lida!
Comentar em resposta a Geraldo Sá Peixoto Pinheiro (via FB)