Ciência e Tecnologia

..Se hoje conhecemos um pouquinho mais a Amazônia é graças ao legado de naturalistas estrangeiros que percorreram e estudaram a região nos séculos XVIII e XIX, num diálogo com os indígenas, cujos saberes foram por eles registrados. As contribuições de La Condamine, Alex...

Detalhes

MARINA: DRAGÃO VERDE E AVÓ DO MUNDO Ilmo. Rogério Cerqueira Leite Saudações Inspirado no bolero de Waldick Soriano, escrevo esta carta, mas não repare os senões,para dizer o que sinto sobre o artigo de sua autoria Desvendando Marina no qual declara:"Não me sinto confo...

Detalhes

Exmo. Sr. Governador do Estado do Amazonas Dr. José Melo Merenda (PROS, vixe, vixe) Saudações Escrevo esta carta para cumprimentá-lo pelo fato de que o melo-merendismo transbordou as fronteiras do Amazonas e está sintonizado com a vanguarda do atraso. O governador de Sã...

Detalhes

A universidade está mudando? Depois de Exu baixar na Uerj, foi a vez de Nhamandu desembarcar nessa sexta (9), em Niterói, para iluminar as salas da Universidade Federal Fluminense (UFF) com seus raios de luz e sua sabedoria. Os sábios guarani Karai Tataendy Oka (Augusti...

Detalhes

Piso e a narrativa sobre a “cloroquina da maloca” “Submeti ao exame e à praxe tudo o que do amplíssimo teatro da natureza observei ou recebi dos indígenas. (Guilherme Piso, 1648) Supunhetemos que a CPI da Pandemia que ouve os vivos, especialmente os vivíssimos, tenha...

Detalhes

Dois naturalistas ingleses – Alfred Russell Wallace (1823-1913) e Henry Walter Bates (1825-1892) - percorreram e estudaram a Amazônia e mantiveram um diálogo com os indígenas, ribeirinhos e afrodescendentes, sem os quais não teriam podido coletar e classificar mais de 8...

Detalhes