Memória;

Ele foi o general da Batalha do Igarapé de Manaus, travada no final de abril de 1985. Comandou 3.500 policiais na guerra contra professores que tentavam entrar no Palácio Rio Negro com um documento, no qual reivindicavam melhores salários e uma educação de qualidade. Nã...

Detalhes

Pode conferir. Os atos de José Sarney (PMDB – vixe, vixe!) ou de qualquer membro de sua família escondem sempre alguma ilegalidade ou, no mínimo, alguma imoralidade. O mordomo com salário de R$ 12 mil, a casa não-declarada à Justiça Eleitoral, o auxílio-moradia, o neto ...

Detalhes

Hoje, na eleição para prefeito de Manaus, refresque sua memória. “A luta do homem contra o poder – escreve o escritor tcheco Milan Kundera – é a luta da memória contra o esquecimento”. Se a memória perde e o esquecimento vence, o homem está ferrado diante do poder. O jo...

Detalhes

O poder instituído organiza a memória coletiva, inventando lembranças e, em conseqüência, determinando o que deve ser esquecido. Ergue monumentos a alguns personagens, que passam assim a ser ‘atores da história’, e silencia sobre outros, que deixam de existir, mergulhad...

Detalhes

Maio de 2008. Uma chuva fina cai sobre Paris, onde me encontro por razões de trabalho. Escrevo a crônica dominical, depois de passar o dia flanando pelos becos e vielas do Quartier Latin e pelo cais à margem do rio Sena, com seus quiosques de livros usados e algumas rar...

Detalhes

Quem conhece o igarapé Traíra, no rio Madeira, município de Humaitá (AM), fica encantado com suas águas escuras, de um negro retinto, em cujo leito estão submersos segredos e histórias narradas pelos velhos índios. É que o igarapé, situado em território dos Parintintin,...

Detalhes

. Escrevo de Quito. Vim participar de um congresso internacional e lançar o livro “Rio Babel – a história das línguas na Amazônia”, que pode – quem sabe? – despertar algum interesse por essas bandas. Afinal, Quito se gaba de haver descoberto o rio Amazonas, conforme se ...

Detalhes

. Ele estava lá, inteirinho, com seu sorriso largo e generoso, vestindo uma daquelas “goiabeiras” cubanas cheias de bolsos, ou então metido em um casaco azul chinês. Dava baforadas no charutão, se balançava numa rede com varandas, sempre falando de cinema, respirando ci...

Detalhes

.Nenhum desenhista da época teve a preocupação de retratar Ajuricaba, o cacique dos Manáo morto pelas tropas portuguesas em 1727. Por isso, ninguém pode saber hoje que rosto ele tinha. Isso criou um dilema atroz que tortura a cúpula terceiro-ciclista e seus aliados: qua...

Detalhes

.Avaliação final: Se acertou todas as questões, parabéns. Se todos fossem iguais a você, os corruptos estariam presos. De 9 a 13 respostas certas, existe possibilidade de que não vote errado nas próximas eleições, mas é bom tomar cuidado. De 5 a 8, não se queixe, você v...

Detalhes

   “Já doente há quase um ano, quando sentiu que era o fim, se preparou. E preparada, esperou tranquilamente a hora. Chamou Maria Celina – afilhada e filha de criação – e se arrumou, trocou a roupa, após ter tomado um banho. Pediu o vestido que ela mesma havia escolhido...

Detalhes

."Porto de lenha / Tu nunca serás Liverpool / Com uma cara sardenta / E olhos azuis". (Aldísio, Torrinho e Wandler Cunha) Manaus, porto-de-lenha, um dia será Liverpool sim senhor! Por pouco tempo, mas será. Manaus já tem tudo o que Liverpool tem. Ou quase tudo. Que o...

Detalhes

  (*) Este artigo foi publicado no jornal A CRÍTICA, de Manaus (AM), em 11 de fevereiro de 1992, dia em que o governador do Amazonas, Gilberto Mestrinho abriu solenemente, no Hotel Tropical, o encontro dos presidentes das repúblicas dos chamados países amazônicos: Brasi...

Detalhes

  Os índios mapuches e os camponeses que vivem às margens de uma lagoa, ao sul do Chile, juram que, de vez em quando, aparecem boiando no espelho d’água cabeças negras, com cabelo pixaim. Dizem que as cabeças vão surgindo, uma depois da outra. Dizem que ficam de bubuia,...

Detalhes

O grito do Cuipiranga Afinal, que celebração é essa que mistura festa, dança, reza, cinema, debate e visita ao cemitério? Tudo isso ocorreu dentro da programação do II Encontro da Cabanagem, um evento organizado pela Associação dos Moradores de Cuipiranga, com o apoio d...

Detalhes

Na última quarta-feira, 28 de março, viajei para o município de Nísia Floresta, localizado a 40 km. de Natal (RN), para assistir a inauguração de um museu. Durante a visita, feita em companhia da precoce animadora cultural potiguar Ana Pereira, comentei a resposta dada ...

Detalhes

Esta é a frase que abre a exposição do Museu da Índia Vanuire: - "Creio em Tupã". Acabo de ler a frase que se presta a diversas leituras, e é daqui que escrevo, do museu localizado em Tupã, uma estância turística no Oeste de São Paulo, onde passei a semana ouvindo as p...

Detalhes

Vai assim mesmo, no diminutivo com o qual os amigos carinhosamente o chamavam: Thomazinho. Quanto mais o tempo passa, mais ele permanece Thomazinho, vivo no afeto que se encerra em nosso peito juvenil. Depois da assustadora entrevista do ex-delegado do DOPS, Cláudio Gu...

Detalhes

A Comissão da Verdade não sabe, mas depois do golpe militar de 1964, o compositor gaúcho Lupicínio Rodrigues (1914-1974) foi preso e permaneceu vários meses trancafiado, primeiro no Quartel da PE, no centro de Porto Alegre e, depois, no presídio da Ilha da Pintada, apes...

Detalhes

OS MUSEUS DA RESISTÊNCIA Combatia a ditadura militar.Quando foi preso e torturado, em 1973, tinha 22 anos, o porte franzino e uma cara de menino. Seu paradeiro foi criminosamente ocultado pelas autoridades.Foi ai que o nome de Ramires Maranhão do Valle passou a figurar...

Detalhes

A imagem que aflorava era a da Preta, minha irmã,nos anos 60,num domingo em que fomos juntos à missa das oito em Manaus,no bairro de Aparecida.Ela vestia combinação azul por baixo do vestido e quando passamos em frente à banca de tacacá da dona Alvina,lá estava uma vizi...

Detalhes

A mídia mostra a Venezuela rachada ao meio, sangrando, às vésperas de uma guerra fratricida. Lembra a Espanha, há 80 anos, destroçada pela Guerra Civil. O final é conhecido: militares fascistas ocupam o poder, em 1939, deixando um saldo de 400 mil mortos, plantações inc...

Detalhes

COSME: CHEIRO DE CINEMA Com este aroma,mistura de memórias e saudades de infância, o cineasta amazonense Aurélio Michiles abre o documentário "Tudo por amor ao cinema" sobre outro amazonense Cosme Alves Neto,responsável pela recuperação e conservação de filmes.O cheiro ...

Detalhes

Ocupadíssima (o) leitora (o), eu te entendo. Sei que não tens tempo para passear por favelas e sequer cinco minutinhos para ouvir o que tenho para te contar. Conto assim mesmo. Suspeito que pode te interessar. Domingo passado, com alunos da UNIRIO, percorri durante mais...

Detalhes

(De São Paulo) Quem foi o Cosme? No Amazonas, os jovens não sabem, mas agora podem saber. O cineasta Aurélio Michiles – o Damião - dá a resposta no documentário "Tudo por amor ao cinema", que vi em São Paulo para onde o trabalho me levou. Confesso que fui à sala do shop...

Detalhes

O fotógrafo equatoriano José Domingo Laso retratou em imagens, no início do século XX, a cidade de Quito onde nasceu.Acontece que lá moravam muitos índios que apareciam sempre nas fotos.Decidiu que deviam ser eliminados nos cartões postais que produziu.Riscou as placas ...

Detalhes

Levanta a mão aí quem já ouviu falar de Tanavari? Ninguém? Puxa vida! O cara é um personagem importante na história da Amazônia. Morou na foz do Rio Negro, em 1729. Saiu pro pau com as tropas portuguesas, chefiadas por Belchior Moraes. Não se deixou escravizar. Seu nome...

Detalhes

Quando tomar posse, em 2017, um vereador recém-eleito de Manaus (PTN, vixe, vixe) quer propor a construção no Encontro das Águas de um monumento a Ajuricaba com 30 metros de altura, algo similar à Estátua da Liberdade ou ao Cristo Redentor. Retoma assim antigo projeto d...

Detalhes

COMO NÓS, VELHOS, BRINCÁVAMOS: UMA AULA NA EDEM - Tuturubim tetê tique-taque tambarola teje dentro teje fora. Era assim que em Manaus a gente escolhia, nos anos 1950, quem ficaria na berlinda. Essa fórmula de sorteio foi ressuscitada agora na escola EDEM, no Rio, numa ...

Detalhes

Arrumo gavetas cheias de papéis velhos, agora, em Niterói. Encontro um passaporte carimbado que me faz lembrar o verão de 1981 em Moscou. Foi lá, no banheiro do hotel Nikolskaya, perto da Praça Vermelha, que usei um sabonete russo nas abluções matinais. Quando lavei o r...

Detalhes

CONTRA O PODER, EXERCITE SUA MEMÓRIA “A luta do homem contra o poder é a luta da memória contra o esquecimento”. Milan Kundera (1979) O escritor tcheco Milan Kundera já estava exilado em Paris, em 1979, vagabundando pelo Quartier Latin, quando publicou aos 50 anos “O ...

Detalhes

Rincão das Jaboticabas, no vale da Maria Comprida, na Serra das Araras, onde fui escondido durante uns quinze dias, em 1967, para fugir da polícia. Nunca mais havia voltado lá. Retorno agora, meio século depois, para conferir as lembranças, numa operação que no Caribe –...

Detalhes