Manaus;

Cinco leitos, cinco opiniões. O paciente do leito 116, seu Luiz, disse sem muita convicção: - “Sei lá! Não contei. Devia ser uns 50 bacuris”. O morador da cama ao lado, Valdeci, somou hip caroço hip por hip caroço, entre soluços, elevando o número para 80. – “Menos, men...

Detalhes

Pouco se sabia sobre o Jaú. Diziam que a mãe dele, uma tacacazeira, havia morrido de colapso. Naquela época, ainda se morria de colapso. Ou derrame. Diziam que, em vida, ela alimentava o filho diariamente com ovos de tracajá. Mas ele nunca confirmou. Não podia confirmar...

Detalhes

  Quer ter dentes sadios? Os anúncios nos jornais de Manaus ofereciam, em 1917, “o melhor preparado para a hygiene da bocca: Aseptodol Calmont. Cura pyorrheias e gengivas, aromatiza a boca e paralisa a cárie”. Mas para quem já era banguela, só mesmo usando “Dentadura Ne...

Detalhes

Prezado Serafim Corrêa (PSB) Saudações! Escrevo essa carta, mas não repare os senões, para dizer o que penso sobre a sua administração nestes últimos quatro anos como prefeito de Manaus, uma cidade que, desde a época em que se chamava Lugar da Barra, foi sistematicamen...

Detalhes

  Meu sobrinho ‘Pão Molhado’, conhecido nos hotéis e praias de Miami como ‘Wet Bread’, concedeu ontem entrevista coletiva para anunciar que não é mais cabo eleitoral, no Amazonas, do presidenciável Ciro Gomes: – “Ciro Gomes? Nunca mais. Never more. A favorita, agora, é ...

Detalhes

. Um dia - ploft! - ele bate as botas. Nesse dia, o Tuta, chorando a morte do irmão, entra no hospital e pergunta: - “Ele morreu de quê, doutor?”. O médico sentencia: - “De Aparecida!”. Tuta se espanta: “De Aparecida?” O homem vestido de branco confirma: “É. A causa mor...

Detalhes

Hoje, na eleição para prefeito de Manaus, refresque sua memória. “A luta do homem contra o poder – escreve o escritor tcheco Milan Kundera – é a luta da memória contra o esquecimento”. Se a memória perde e o esquecimento vence, o homem está ferrado diante do poder. O jo...

Detalhes

Descubro, estarrecido, que hoje, dia de eleição, estou impedido de escrever sobre a luta que se trava nas urnas para escolher o prefeito de Manaus. Tenho minhas limitações. Se conto o meu drama, o (e) leitor vai entender e me desculpar. Sou suspeito para falar sobre os ...

Detalhes

  Estamos em 1808. D.João VI chega ao Brasil. No Paço, o cavalo do rei dá um coice nos testículos do Manuel português, que desmaia. A ‘coisa’ incha, fica do tamanho de uma bola de basquete. Sem saber como tratá-lo, médicos congelam o paciente, com a esperança de que no ...

Detalhes

“Quiero escribir, pero me sale espuma / quiero decir muchisimo y me atollo”. Esses versos do poeta peruano César Vallejo martelam minha cabeça, enquanto procuro um tema para a conversa de hoje. Tem que ser algo do meu e do teu interesse, exigente leitor (a). Acontece qu...

Detalhes

. Estou sobrevoando os Andes em direção a Lima, onde vou participar de um congresso internacional de história indígena. Aqui, dentro do avião, começo a escrever a coluna. Olho pela janela e vejo as motanhas emergirem acima dos flocos de nuvens. Só mesmo numa altitude d...

Detalhes

. A minha irmã Preta plantou uma jaqueira (artocarpus heterophyllus) no quintal dela, que serviu de gancho, no domingo passado, para discutir a arborização de Manaus. A jaca, originária da Índia, se adaptou bem em nossas terras, desde que foi trazida, no século XVIII, p...

Detalhes

 É possível falar de flores, quando cartões corporativos são usados criminosamente por funcionários do Governo, financiando até mesmo a lixeira de luxo do reitor da UnB?  Qual dos dois temas é mais importante: as árvores de Manaus ou o iate e a casa do ex-procurador Vic...

Detalhes

Por que quase sempre os bandidos ganham e os mocinhos perdem, tanto na vida real como nas telenovelas? O teatrólogo alemão Bertold Brecht acha que “os bons perdem não porque são bons, mas porque são fracos”. A derrota, portanto, não é inerente à bondade, mas à fraqueza....

Detalhes

Ilmo. Sr. Belmiro Mendes de Azevedo   Presidente da Sociedade Nacional de Aglomerados e Estratificados (SONAE)   Saudações,   Escrevo essa carta, mas não repare os senões, para dizer o que sinto e manifestar minha indignação contra a SONAE, que vem devastando o resto de...

Detalhes

Não é segredo pra ninguém que o maior sonho de Laura Bush é conhecer a Amazônia. Seu marido George W. Bush prometeu-lhe que nessa viagem à América Latrina dariam uma esticadinha até Manaus. Estava tudo combinado. Na última hora, porém, o casal Bush pediu penico. Desisti...

Detalhes

.O menino nasceu num sofisticado hospital americano, onde todo mundo mascava chiclete e falava inglês. Quem fez o parto não foi a tia Mimita, mas uma obstetra americana, gorda e peitudona, chamada Judy. Quando ele abriu os olhos pela primeira vez, viu uma placa: “Mater...

Detalhes

.Naquele domingo de setembro, fazia um calor infernal. A casa da rua 3, na Cohab-Am do Parque Dez, era um forno micro-ondas. A família inteira estava socada no quarto vendo televisão, em volta do único ventilador, cujo barulho dava a impressão de que ia levantar vôo. Se...

Detalhes

 O ano era 1976. Época do “milagre econômico”. O general Ernesto Geisel, presidente da República (ARENA – viche! viche!), visitava Manaus para inaugurar o aeroporto Eduardo Gomes. As autoridades locais disputavam para ver quem puxava mais o saco do ditador. O vencedor f...

Detalhes

Astrid Lima, amazonense do bairro de Aparecida, escritora, documentarista e agitadora, ganhou prêmios nacionais e internacionais com filmes sobre a destruição da floresta amazônica. Casou com um italiano, Andréa Palladino, que estudou cinema em Roma e Paris e realizou d...

Detalhes

.Passei o carnaval no Rio imobilizado por uma forte gripe. Aproveitei, então, para ler e curtir músicas, entre as quais o cd ‘Porto de Lenha’, do compositor amazonense Torrinho, gravado em 1991. São onze composições de rara beleza, feitas em parceria com dois dos nossos...

Detalhes

. Quando o marechal Dutra presidia o Brasil, sendo governador do Amazonas Leopoldo Neves, o Pudico, e bispo de Manaus Dom João da Mata, um anjo desceu no n º 86 da Rua Bandeira Branca - um barraco de taipa e zinco - e disse ao seu morador:   - Não temas, Osmar. Já que ...

Detalhes

Aquele glub-glub-glub assassino, no encontro das águas, jamais desapareceria da memória de Sabyra e de seus descendentes, nem mesmo muitas e muitas luas depois, quando três mil soldados da PM, a mando do governador Gilberto Mestrinho, atacaram 200 professores e jornalis...

Detalhes

.Armado até os dentes, com revólver no coldre e uma estrela no peito, Joseph Oversea Verymuch, o temido xerife de Shit´s Street, montou seu cavalo e – tololoc, tololoc, tololoc - partiu para o confronto da lei contra o crime. Na cavalgada, passou em frente à estância da...

Detalhes

.- Miranha. A gente é Miranha! Quem falou assim foi Eunerina Marins, se apresentando num hotel de Manaus a um grupo de pesquisadores do Pará e do Rio de Janeiro. Ela veio de Coari, com seus parentes, para discutir com a Petrobrás os impactos do poliduto de Urucu que atr...

Detalhes

.Há tanta angústia antiga em cada prédio! / Em cada pedra nua e gasta. Luiz Bacellar (1928- 2012), poeta amazonense, Noturno do Bairro dos Tocos O bonde do tempo trafega pelo Bairro de Aparecida, o antigo Bairro dos Tocos. Desço na parada da Vila Rezende, em 1950. Visi...

Detalhes

.Alguns leitores perguntam: - Cadê o ‘Pão Molhado’? As más línguas dizem que esse personagem foi visto pela última vez numa fila do Detran, na Baixada Fluminense, tentando licenciar um táxi, para acabar com o monopólio do Constantino, o portuga boca-de-sovaco, único tax...

Detalhes

.- Alô mocidade dependente da Grande Família! Alô meu povão vermelho e branco do São José! Alô Zona Leste de Manaus! Olha o filho do Solimões aííííí, geeeente! O grito que abriu o desfile da escola campeã do carnaval de 2005, aqui em Manaus, foi tão vigoroso, que atrave...

Detalhes

.Os capítulos da novela “Senhora do Destino” estão particularmente eletrizantes nessa semana, porque algumas cenas estão ambientadas em Manaus, com personagens locais, de carne e osso. Os leitores alienados que não gostam de novela devem se informar com aquelas pessoas ...

Detalhes

.É natal. Chove lá fora. Chuvinha miudinha e persistente. Procuro tema para a crônica de hoje, capaz de me dar tesão e de entusiasmar os leitores. Decido, então, escrever sobre o próprio natal e seu significado para os povos amazônicos. Lembro que foi em dezembro de 161...

Detalhes

O carro-de-som desceu a avenida Eduardo Ribeiro, bem devagar, mas com o volume do alto-falante ligado ao máximo. A voz do locutor, cavernosa e metálica, mastigava cada sílaba, saboreava cada palavra, anunciando a boa nova aos quatro ventos, com muitos pontos de exclamaç...

Detalhes

  De longe, eu te avistei, meu maninho, meu irmão, com tua boca desdentada, teu ar subnutrido e tuas sandálias havaianas, caminhando pelas ruas da Compensa I nesta segunda-feira, ao lado do candidato a prefeito, Amazonino Mendes. Observei quando um grupo de moradores, d...

Detalhes

.Estou há uma semana no interior de Santa Catarina, convivendo com índios guarani Mbyá e Nhandeva, num curso de formação de professores indígenas. Tento entender os mistérios da vida, com a ajuda de Tupã Werá, um sábio de 93 anos, da aldeia M´Biguaçu. Faz frio. Não leio...

Detalhes

Na pia batismal recebeu o nome de Antônio Nascimento Cordeiro. Mas era conhecido como Tonico nas ruas enlameadas de Feijó, no Acre, onde vivia recolhendo bagana de cigarro para dar suas tragadinhas. De família pobre, nunca vestiu uma roupa nova em toda sua infância. Tod...

Detalhes

.Não sei se o repórter Tambaqui Garcia – o TAGAR – tem algum parentesco com o saudoso cronista social Nonato Garcia, cuja coluna - “NOGAR: TUDO VÊ, TUDO INFORMA” - animou a frivolidade de Manaus durante mais de três décadas. O certo é que o Tagar resolveu imitar o Nogar...

Detalhes

Excelentíssimo Sr Presidente da República, Luis Ignácio Lula da Silva, Sua visita hoje a Manaus evoca a lembrança de um encontro ocorrido há 25 anos.Com tantos compromissos, V.Excia. certamente não lembra mais daquela segunda feira, 17 de dezembro de 1979,quando recebeu...

Detalhes

.O famoso roqueiro Mick Jagger, pai do filho da Lucianta Jimenez, chegou em Manaus, meio incógnito, no último dia 25 de fevereiro, quarta-feira de cinzas, para gravar um documentário para a BBC de Londres sobre música e moda. Como manifestou curiosidade em conhecer a pr...

Detalhes

.« Eu quero ser enterrado, como meus antepassados, No ventre escuro e fresco, de uma vasilha de barro». (Gonzalo Benitez, poeta equatoriano) Durante mais de mil anos, os moradores da margem esquerda do rio Negro, próximo a sua foz, reverenciaram como sagrado aquele ped...

Detalhes

.Ele é padre, nasceu em Coari, e provou que tem boca: foi a Roma. Lá, onde mora atualmente, estuda os segredos e os mistérios da vida e de Deus. Vai ser doutor em teologia. Mas continua antenado no Amazonas, tentando decifrar seus enigmas. Enviou, de lá da Itália, um e-...

Detalhes

Depois da morte da titia, a Preta foi arrumar o quarto da finada e lá encontrou o misterioso baú amarelo, de metal, trancado com um cadeado. A chave, ninguém sabia aonde estava. Normalmente, ficava sempre pendurada num cordão de ouro em volta do pescoço da titia, ao lad...

Detalhes

.O leitor está revoltado. Não lhe tiro a razão. As cartas enviadas à coluna protestam: o juiz Nicolau Lalau, fora da cadeia, comendo tranquilamente pizza em seu palacete no Morumbi! Gilberto Mestrinho escolhido presidente do Conselho de Ética do Senado! Cinco milhões de...

Detalhes

.Maternidade, em qualquer lugar do mundo, é um lugar onde nascem crianças. Mas no Amazonas, a Maternidade Balbina Mestrinho transformou-se em necrotério de bebés. Num curto espaço de dois meses - novembro e dezembro de 2000 - cerca de 76 bebés que lá nasceram, vivos, mo...

Detalhes

.1. A cidade de Eirunepé, na década de 40, era apenas uma pracinha e duas ruas que mergulhavam na escuridão, quando o motor de luz era desligado, sempre às 21:00 horas. A pracinha abrigava os três poderes: igreja, grupo escolar e delegacia de policia. Na rua da Frente, ...

Detalhes

  Tinha olhos esverdeados, muitos sonhos e um sorriso moleque. Era pintoso, como se dizia na época. Tocava violão e fazia serenatas. Batucando numa caixa de fósforos, vivia cantando o samba de Wilson Batista: "Dolores Sierra vive em Barcelona, à beira do cais". As menin...

Detalhes

  Chovia fino naquela tarde de abril de 1925. O balconista da Casa 22 Paulista abriu o guarda-chuva, atravessou a Praça da Matriz e tomou o bonde do Plano Inclinado. Algumas paradas depois, subiu uma menina de 15 anos, extraordinariamente bela. Cabelos molhados, farda d...

Detalhes

.Meu cunhado é surdo como uma porta. Em compensação, tem uma visão de águia. Já eu, escuto tudo, mas sou cegueta. De longe, não enxergo patavina. Nós dois assistimos, neste domingo, a sagração episcopal de Dom Jacson Damasceno Rodrigues, bispo auxiliar de Manaus. Empole...

Detalhes

.Rose abriu a porta do banheiro. Viu, lá dentro, uma cena espantosa e desgarradora, similar aquela do filme “Psicose”, de Hitchcock. Chocada, deixou a escova de dentes cair no chão e saiu correndo, de beibedol, pelo bairro, com uma cara de pavor. Seu grito, escandalosam...

Detalhes

.. - Eles podem matar uma, duas, três rosas, mas não conseguirão deter a primavera. As rosas foram todas despetaladas. O jardim saqueado. A prima Vera, detida pelo Klinger Costa quando abastecia seu carro no Posto Equatorial da Cachoeirinha. Apesar disso, continuamos...

Detalhes

.Nas duas lutas anteriores, Mike Tyson demoliu com um soco mortal os seus adversários, nocauteando-os nos primeiros segundos. Não teve nenhuma graça. Prá dizer a verdade, não teve nem mesmo luta. Para haver luta são necessários dois boxeadores, um enfrentando o outro, c...

Detalhes

.Era madrugada avançada. O caboco Prudêncio, vigia da casa onde funciona o Comitê do Serafim, dormia, só de cueca, sonhando com Coari, sua cidade natal. De vez em quando, coçava a frieira no punho da rede de tucum. De repente, acordou com sons de tamancos batucando no...

Detalhes

.O choro e o sorriso. Diante dos resultados da eleição para prefeito de Manaus, duas fotos, publicadas na semana passada pela imprensa local, refletem reações contrastantes de tristeza e de júbilo. Na primeira, o atual prefeito Eduardo Braga aparece chorando, fazendo bi...

Detalhes

.Podem reparar: toda vez que se exige alguma atividade intelectual do Cabo Pereira e de seu vice, Omar Aziz, eles fogem do pau. Um dia, o Roberto Amazonas, do ICOTI, viu sair fumacinha da cabeça dos dois, numa partida de dominó, quando tentavam pensar. Contar os buraqui...

Detalhes

. Eureka! Meditando no segredo da Virgem de Itapiranga descobri uma verdade terrível e inapelável: o Eduardo Braga é o Josemar baré. Me explico. Vocês lembram do Josemar, aquele lateral direito do Botafogo? Não chegava a ser um craque. Era reserva na seleção do Telê, na...

Detalhes

.Numa contribuição à educação política do eleitor amazonense, a coluna começa a publicar, a partir de hoje, o “perfil do consumidor” dos principais candidatos a prefeito de Manaus. Você vai entrar na intimidade de cada candidato, saber o que ele come, o que lê, quem ele...

Detalhes

.1. De Parintins, um grito ecoou por toda a planície amazônica. A multidão urrava: - Volta, Dani, volta! Daniela Assayag, durante seis anos, arrasou como a cunhã-poranga do Caprichoso. No ano passado, ela atravessou a arena do Bumbódromo, equilibrando-se na cabeça de u...

Detalhes

.O livro “O complexo da Amazônia”, de Djalma Batista (1976 – Editora Conquista) tornou-se uma espécie de “bíblia”para todos aqueles estudiosos interessados em entender a Amazônia.Nele, o autor sistematizou conhecimentos produzidos em diversas áreas do saber e, generosam...

Detalhes

   “Já doente há quase um ano, quando sentiu que era o fim, se preparou. E preparada, esperou tranquilamente a hora. Chamou Maria Celina – afilhada e filha de criação – e se arrumou, trocou a roupa, após ter tomado um banho. Pediu o vestido que ela mesma havia escolhido...

Detalhes

.(Crônica enviada de Freibourg, Alemanha, e publicada em A Crítica, em 09/06/1995) De Freiburg, Alemanha (via Fax) - Onde estão os nossos doidos, que transitavam livremente pelas ruas de Manaus? Cadê a Carmen, a mais lúcida e atrevida de todos, com o seu eterno saco de ...

Detalhes

Era um gozador, embora não tivesse motivos para achar a vida engraçada. Nascera no lugar errado: a Colônia Oliveira Machado, um viveiro de arigós pobres na periferia de Manaus. E no ano errado - 1914 - justamente quando o preço da borracha começou a despencar, aumentand...

Detalhes

."Porto de lenha / Tu nunca serás Liverpool / Com uma cara sardenta / E olhos azuis". (Aldísio, Torrinho e Wandler Cunha) Manaus, porto-de-lenha, um dia será Liverpool sim senhor! Por pouco tempo, mas será. Manaus já tem tudo o que Liverpool tem. Ou quase tudo. Que o...

Detalhes

.Era madrugada avançada. O caboco Prudêncio, vigia da casa onde funciona o Comitê do Serafim, dormia, só de cueca, sonhando com Coari, sua cidade natal. De vez em quando, coçava a frieira no punho da rede de tucum. De repente, acordou com sons de tamancos batucando no...

Detalhes

De Nuremberg, Alemanha (via fax) - O rio Negro não é o Reno, Manaus não é Berlim, a selva amazônica não é a floresta negra e eu não sou o Thomas Mann de igarapé. Eu sou eu e o boi não lambe. E se lamber? Se lamber, eu corto a língua. Confesso o meu provincianismo. Olho ...

Detalhes

Eram dois arigós, dois cabras-da-peste. Um nasceu em Pernambuco, em 1886. O outro no Maranhão, em 1898. Um não sabia da existência do outro. Mas a borracha iria junta-los no início do século, na mesma cidade e, quase cem anos depois, o destino iria uni-los politicamente...

Detalhes

O velho Fadel, meu pai, era jardineiro. Num oásis banhado pelo rio Baradá, perto de Damasco, ele cultivava tulipas, jacintos e orquídeas. Mas as flores de meu pai foram esmagadas pelas botas dos soldados franceses que ocuparam a Síria, em 1920. Para não morrer, ele fugi...

Detalhes

.Hic culum cotiae sibilare, ou em bom português, é aqui que o fiofó da cotia assovia Anônimo, sabedoria popular Uma bomba explodiu sobre Manaus, abrindo uma cratera no centro da cidade e uma ferida no coração dos amazonenses. Poucas pessoas perceberam a dimensão dos e...

Detalhes

Manaus, 8 de agosto de 1990. Querido filho, Recebi tua cartinha e não respondi antes porque essa gripe maluca me deixou acamada, com quatro problemas: o buraco do beco, o calor infernal, a Céu que se socou dentro de casa com as filhas e a Preta que, todo dia, por causa ...

Detalhes

."Xerxes e Zulmira leem juntos". Esta frase ocupava a última página dos antigos cadernos de caligrafia e era copiada exaustivamente pelos alunos, às vezes como castigo, com o objetivo de treiná-los a escrever, no caso, as letras "x" e "z". No canto superior da página, a...

Detalhes

A casa é uma daquelas caixinhas da Cidade Nova, em Manaus, construída com pouco cimento e muita areia, cujas paredes não agüentam o peso de um armador de rede. A sala contém todos os sonhos da classe média lascada: um sofazão forrado...

Detalhes

.Não há mais o mistério e das matas / um rumor de alvorada se escuta. Hino do Amazonas (1980), Letra Jorge Tufic, música Cláudio Santoro A criação da Zona Franca de Manaus (ZFM), em 1967, implantou um modelo econômico baseado na exploração da força de trabalho barata a...

Detalhes

."Ninguém sofre tormentos e dores / Nesta terra dos nobres Manaos. / Todo povo é feliz, diz a História / quando vê entre gozos sem fim / o progresso passar junto à glória / Em seu belo e doirado coxim" ( Hino oficial de Manaus) As fábricas dos Estados Unidos e d...

Detalhes

.Eu quero ser enterrado / como meus antepassados, no ventre escuro e fresco / de uma vasilha de barro. Jorge Enrique Adoum (1926-2009), poeta equatoriano. Durante mais de mil anos, os moradores da margem esquerda do rio Negro, próximo a sua foz, reverenciaram como sagr...

Detalhes

."Ninguém sofre tormentos e dores / Nesta terra dos nobres Manaos. / Todo povo é feliz, diz a História / quando vê entre gozos sem fim / o progresso passar junto à glória / Em seu belo e doirado coxim" (Hino oficial de Manaus)

Detalhes

.O primeiro viajante europeu a passar pela foz do rio Negro foi Orellana, num sábado de junho de 1542, véspera da Santíssima Trindade, quando os espanhóis invadiram uma povoação indígena aí localizada, saquearam-na e se abasteceram de alimentos que existiam em abundânci...

Detalhes

.AMAZÔNIA: A CIVILIZAÇÃO DE PALHA As viagens dos europeus ao longo do rio Amazonas no século XVI nos deixaram descrições e relatos com informações dispersas e muitas vezes impressionistas sobre a distribuição da população indígena e sobre os padrões de povoamento e ocup...

Detalhes

."Toda ciudad es un destino porque es, en princípio, una utopia" (Salazar Bondy em "Lima, la horrible" Este chão que nós pisamos, hoje, neste ano de 1987, na cidade de Manaus, foi trilhado e palmilhado nos últimos milênios por milhões de pés anônimos. Como é que o terr...

Detalhes

.O que é que você vai comer nesta ceia de natal, leitora? Einh? Einh? Peru tender? Presunto desossado? Pernil? Bacalhau? Filé ao molho de champignon? Nozes? Castanhas-do-Pará? Passas e figos secos? Para obter a resposta, precisamos saber quem é você, leitor (a) anônimo ...

Detalhes

. Ao Sebastião - o Sabá da Faculdade de Odontologia - que está em todas as bocas. Aquele glub-glub-glub assassino, no encontro das águas, jamais desapareceria da memória de Sabyra e de seus descendentes, nem mesmo muitas e muitas luas depois, quando três mil soldados da...

Detalhes

Numa prova de inteligência e sagacidade, os aviões de combate não foram utilizados para bombardear a primeira e a segunda ponte da rua Sete de Setembro, com a finalidade de impedir que o "inimigo" alcançasse o seu objetivo: o Palácio Rio Negro. Apenas um discreto helicó...

Detalhes

Quinta feira, 22 de abril. Oito horas da manhã. Toca o telefone. Atendo. Ligação interurbana. É de Manaus. A voz de alguém que não conheço geme, angustiada, do outro lado da linha, pedindo socorro: - Estou agorinha presenciando um assassinato daqui da janela da minha ca...

Detalhes

No início da década de 1960, no Colégio Estadual do Amazonas, todos nós, alunos, queríamos ter a sabedoria do Manoel Octávio, o domínio de palco do Manoel Octávio, a fluência verbal e a elegância do Manoel Octávio. Enfim, todos nós queríamos SER Manoel Octávio, aceitand...

Detalhes

  Mulheres da alta sociedade amazonense – mães, esposas e filhas, inclusive menores de idade – posaram completamente nuas ou seminuas para o jovem ‘fotógrafo’ americano Walter Hunnewell, num estúdio improvisado situado em prédio antigo da Rua da Instalação, no centro da...

Detalhes

  A banca de tacacá – me entendam bem – não era apenas um lugar onde se ia tomar tacacá, como pensa o simplório. Era muito mais do que isso. Era um templo, um santuário da fofoca. Isso em Manaus, cinquenta anos atrás, quando se cumpria sempre um ritual: a gente saía de ...

Detalhes

    A peruana Chabuca Granda, conhecida por muitos brasileiros depois que duas de suas músicas - Fina Estampa e La flor de La canela – foram gravadas por Caetano Veloso, canta a cidade de Lima em algumas valsas memoráveis. Numa delas, ‘Lima de verdade’, demonstra amor p...

Detalhes

  “Introibo ad altare Dei” – rezaram juntos, em latim, os jesuítas Francisco Veloso e Manuel Pires. Era a primeira vez que a floresta do rio Negro ouvia essa frase e essa língua. Foi durante a celebração da primeira missa, em 1657, na aldeia dos índios Tarumã, em altar ...

Detalhes

  Pode reparar: no fundo, no fundo, por trás de qualquer safadeza, existe sempre uma dose de frescura ou, como diria o saudoso senador Fábio Lucena que se amarrava num latinorum, “nulla lascivia sine frigidarium”. Por isso, todo pirarucu safado é fresco, embora nem todo...

Detalhes

Aqui se cruzam: este é o rio Negro, aquele é o Solimões! Imagina, Maria, que suas águas se misturam, imagina que não existe - que nunca existiu - o espetáculo esplêndido e singular conhecido no mundo inteiro como “encontro das águas”, que nelas não vivem botos e peixes ...

Detalhes

  Dois médicos ginecologistas se envolveram numa briga feia dentro do Hospital e Maternidade Unimed, em Manaus, no último domingo, 16 de outubro. Um deles, o presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas (SIMEAM), Mário Rubens Viana, invadiu o conforto do hospital ond...

Detalhes

  Quem foi Pierre Pirroque? Poucos sabem. Nem sequer os seus colegas de trabalho - Braguinha e Euclides, o Bunda-de-Aço - ligavam o nome à pessoa. Se o seu Henrique, que era seu Henrique, chefe dos bedéis no Colégio Estadual do Amazonas, ignorava que tinha um subordinad...

Detalhes

  Numa rádio qualquer Simone canta pegajosamente “Então é Natal, e o que você fez?”. É ao som dessa música que, desesperada, uma jovem mãe arranca o fio pisca-pisca da árvore e, com ele, enforca o próprio filho aleijado, de menos de um ano, sob o olhar de um risonho Pap...

Detalhes

Tirando o carimbó do Pinduca, o que é que o Amazonas tem que a Itália não tem? A resposta foi dada por um estudo comparativo entre o naufrágio do Costa Concordia em águas italianas do mar Tirreno, na última sexta-feira, 13 de janeiro, e o acidente de três embarcações qu...

Detalhes

Fred, poeta como qualquer chileno - todo chileno verseja – me enviou trechos do Navio Negreiro de Castro Alves para ilustrar o cenário daqueles haitianos amontoados em redes armadas umas sobre as outras. No domingo passado, ele me cantou o roteiro do motor da linha: “O ...

Detalhes

Supunhetemos, com todo o respeito, que o prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB-vixe,vixe), solte um pum, depois de ingerir duas cuias de tacacá apimentado. Sei que parece inusitado, mas foi isso mesmo que você ouviu: um pum! É. É isso mesmo! Acontece. Com as mel...

Detalhes

Dizem que minutos antes de morrer a gente vê um filme com os melhores momentos da vida.

Detalhes

Tinha 87 anos, 60 dos quais dedicados ao jornalismo esportivo. Despediu-se há duas semanas, deixando na orfandade uma legião de leitores fiéis que o seguiam, com fidelidade canina, a cada domingo, religiosamente, como quem vai a missa. Abríamos sempre o jornal no cadern...

Detalhes

Naquele tempo, faz nove anos, cercado de fariseus, um pastor passou pela Avenida Constantino Nery, em Manaus e ouviu uma voz que dizia: "Em verdade, em verdade vos digo: quem cria inferno, merece inferno". Ele nem suspeitou que aquela fala era do Cramulhão que disfarça...

Detalhes

Maria morava há mais de 13 anos no "Alagadinho", Cacau Pirêra, distrito do município de Iranduba (AM). Saiu de lá, onde vivia submersa durante a cheia, para realizar "o sonho de moradia" em área de propriedade do Estado. Fez roça no quintal. Plantou macaxeira, abacaxi, ...

Detalhes

"Grito de agonia: periquito na jaqueira preso na resina". Anibal Beça (1946-2009). Uma entrevista exclusiva que fiz me permite desvendar, enfim, o mistério das mortes de 200 periquitos-de-asa-branca, semana passada, na Avenida Ephigênio Salles, em Manaus. Eles não foram...

Detalhes

Ninguém o chamava pelo sonoro nome de batismo: Rodolfo Dias. Para todos os efeitos era Dasaguão, apelido proveniente do Departamento Das Águas, onde labutava como encanador na Estação do Bombeamento. Morava em Aparecida, bairro de Manaus no qual se vive um tempo mítico....

Detalhes

Desocupado leitor, eis aqui a saga heroica de um tripeiro que salvou um bucheiro, uma criança que se afogava no rio Negro, mergulhando em suas águas profundas, com risco da própria vida. Bucheiro, em "amazonês", é quem nasce em São Raimundo, bairro que sedia o Matadouro...

Detalhes

- Que horror, Babá, que horror! Djalma Batista, o filho, com as duas mãos empalmadas encobrindo o rosto, repetia muitas vezes a frase, prolongando os erres, como se isso pudesse potencializar o horrrorrr. Foi numa discussão apaixonada em 1964, no Colégio Estadual do Ama...

Detalhes

Familiares, alunos e amigos o estão pressionando para se candidatar a vereador. Criei até o slogan da campanha: "Acorde, vote em Totode". Ou um mais ousado: "Não phode, vota em Totode". Isso caso ele decida assumir o apelido de infância adquirido em circunstâncias que r...

Detalhes

Marcelo militava no PCdoB quando presidiu o Centro Acadêmico de Direito da Universidade Federal do Amazonas. Era um bom menino, não fazia xixi na cama. Depois, em 2004, foi eleito suplente de vereador em Manaus. Tinha, então, 31 anos. Sua combatividade nos enchia de esp...

Detalhes

Arrumo gavetas cheias de papéis velhos, agora, em Niterói. Encontro um passaporte carimbado que me faz lembrar o verão de 1981 em Moscou. Foi lá, no banheiro do hotel Nikolskaya, perto da Praça Vermelha, que usei um sabonete russo nas abluções matinais. Quando lavei o r...

Detalhes

- Ele já estava morto, mas em mim continuava vivo. Só muitos anos depois soube que Narciso havia atravessado para a outra margem do grande rio. Uma saudade intensa me faz ansiar por compartilhar sua memória com todos os amigos. Quero homenageá-lo neste ano de 2018 que c...

Detalhes