CRÔNICAS

PEDRO E O GLOBO

Em: 24 de Outubro de 2010
Tags:
Visualizações: 22883

 

“A política é a melhor alternativa que a humanidade encontrou para substituir o maior prazer que um ser humano pode ter: bater até à morte para depois comer o fígado do outro, abocanhando-o com a carne ainda quente e o sangue ainda fresco. Quem não está disposto a reconhecer isso, não consegue superar a própria vontade de devorar o outro. Por isso, se num debate político te chamo de criminoso e te xingo, fica contente, isso ainda é melhor do que você ser servido à minha mesa”.
Quem diz isso é meu amigo Henrique Sobreira, professor da UERJ, crítico, irônico, debochado, passional, lúcido, gozador e, sobretudo, fazedor de frases. Para relativizar a oposição entre civilização e barbárie, Henrique lembra que os maiores atos de violência humana sempre foram cometidos por pessoas que se autoproclamaram civilizadas e consideram que “o outro” era alguém que devia ser “educado”. Isso pode ser comprovado nos últimos cinco séculos: de Isabel - a Católica e Dom Manoel - o Venturoso, até os Georges Bushinho e Bushão. Os índios e os mulçumanos que o digam.
No Brasil, pelo menos nas campanhas eleitorais, a política substituiu a antropofagia. Salvo o bispo de sugestivo nome Sardinha, ninguém foi jantado e devorado pelo adversário, ainda que pequenas violências realizadas dentro de certos limites e hipócrita ou sinceramente condenáveis, tenham sido cometidas ao longo da história, como mostram exemplos mais recentes.
Cantando “espada de ouro quem tem é o marechal”, eleitores do marechal Lott cuspiram na cara de Jânio Quadros; o general Figueiredo chamou os estudantes de Florianópolis pra porrada; jogaram ovo e apedrejaram o Mário Covas; atiraram uma galinha preta na Marta Suplicy; esbofetearam o Collor em Niterói; lançaram uma torta na cara do Berzoini, então presidente do PT. Um velhinho deu umas bordoadas no Zé Dirceu. Vaiaram o presidente Lula na abertura do PAN. Esses gestos de violência não deixaram sequelas físicas ou morais.
Dois Serra
Um dia, caminhando pelo calçadão de Icaraí, em Niterói, encontrei um amigo, também professor da Uerj, Ronaldo Coutinho, um doce radical, que se arrastava, todo esparadrapado, exibindo hematomas pelo corpo. Dias antes, ele havia dado um soco no Collor e os seguranças moeram-lhe o corpo de porrada. Apesar de dolorido, estava feliz, feliz da vida: “estou quebrado, mas acertei o pústula” – dizia, rindo, como um menino travesso. Confesso que fiquei na fronteira da política e do canibalismo, quando invejei a façanha do Coutinho. Ele fez o que eu e a metade do povo brasileiro queríamos fazer. Estou orgulhoso de ser seu amigo.
E isso porque a bofetada no Collor foi mais simbólica do que física, se situou entre a sapatada no Bushinho e a estatueta de metal lançada contra o Berlusconi na Itália. Agora acertaram José Serra com uma bolinha de papel, que assumiu várias formas: “fita adesiva”, “artefato”, “tampa de garrafão de água mineral”, “objeto contundente”, “projétil”, até chegar a uma “bobina de papel crepe que arremessada com força pode provocar danos graves na pessoa atingida” segundo o bobinólogo Merval Pereira, articulista do jornal O GLOBO. E é aqui que o fiofó da cotia assovia, ou como poderia dizer Orozimbo Nonato: Hic culum cotiae sibilare.
A cotia assovia quando digo que admiro o José Serra. Sinceramente. Sem ironia. Juro. Faço um juramento amazônico: quero ver minha mãe mortinha no inferno, quero que Santa Luzia me cegue se estou mentindo. Mas o Serra que eu admiro é o de carne e osso, que nasceu pobre, filho de um feirante, ex-presidente da UNE, que amargou o exílio, lutou pela redemocratização do país, foi deputado, senador, prefeito, governador, ministro da saúde – bom ministro. Aquele que no início da campanha reconhecia os acertos do governo Lula. Nesse até que dava pra votar. Mas ele não é candidato.
O candidato é o outro Serra, aquele conivente com a mídia conservadora - que o inventou - comprometido com interesses dos setores mais atrasados e obscurantistas do país, arrogante, gigolô do sagrado e da religião, dono da verdade. Aquele cuja mulher declara que a adversária é a favor de matar criancinhas, que quando questionado sobre isso posa de vítima e baixa o nível do debate, que usa o tema do aborto no palanque eleitoral, que se deixa liderar pelo seu vice Indio da Costa – um paspalhão – em política externa e de segurança. E ai Serra perdeu: na emblemática escolha do vice.
A credibilidade
Nesse outro Serra, metamorfoseado em Opus Dei, que espetaculariza sua fé na Virgem de Aparecida, eu não voto, embora o respeite, porque ele é o candidato de mais de 40 milhões de brasileiros, alguns deles amigos muito próximos, com quem mantenho fortes laços afetivos, mesmo se nesse momento um de nós vai pra lá e o outro vem pra cá. No Serra que não voto é no Serra da Rede Globo, que arma, desinforma, sataniza, que zomba da minha inteligência, que acha que o cidadão é um otário, que esqueceu os gritos do povo nos comícios das Diretas Já: “O povo não é bobo, abaixo a TV Globo”.
Nessa semana, os telejornais da Rede Record e do SBT mostraram que Serra foi atingido por uma bolinha de papel atirada por um grupo de mata-mosquito que ele demitiu quando ministro da Saúde. O Jornal Nacional dedicou sete longos e caríssimos minutos para “provar” que a bolinha de papel era só parte da história, tinha havido outra agressão. Apresentou imagens nebulosas, interpretadas por um perito de reputação duvidosa, que diz que está vendo aquilo que não estou vendo, embora olhemos as mesmas imagens. O atentado, então, justificaria que Serra procurasse o médico, ex-secretário de saúde do Cesar Maia, para fazer uma tomografia computadorizada.
Francamente. Por serdes vós quem sois! Não exagereis para não serdes exagerado. Imaginem vocês se depois da cuspida que levou na cara, o histriônico Jânio Quadros exigisse um exame de abreugrafia, desconfiado de que o eleitor de Lott era certamente um tuberculoso que numa guerra química queria contaminá-lo. Serra é o primeiro paciente no planeta que faz tomografia por causa de um arremesso de uma fita crepe. Num país gozador como o Brasil, ele passou a ser objeto de piada, quando merecia contar com nossa solidariedade, se o fato não fosse manipulado e hiperdimensionado.
O episódio de violência, mais que nada simbólica, tem que ser condenado de qualquer forma, com veemência, com a mesma veemência com a qual devemos rejeitar sua exploração política, da forma mais torpe e manipuladora de factoides. Apesar disso, é preciso discordar também da intervenção do Lula que, como presidente da República, representa todos os brasileiros e não podia bater boca com um candidato. Não cabia a ele esse papel.
Numa época em que não havia escrita, no século VI antes de Cristo, na Grécia, um ex-escravo, chamado Esopo, que tinha o dom de narrar, contava entre outras a história de Pedro e o Lobo. Pedro, pastor de ovelhas, todo dia enganava a população gritando: “Olha o lobo!”. No dia em que o lobo apareceu, efetivamente, ninguém acreditou nos seus gritos. Quem acredita num mentiroso contumaz? Lembrei-me dessa história vendo o Jornal Nacional e a primeira página de O Globo, nessa sexta-feira. Assim, quando no domingo, 24 de outubro, o Globo escrever que é domingo, 24 de outubro, duvide, procure outras fontes antes de vestir sua roupa dominical.
https://www.facebook.com/gisele.aida/posts/10205484823315049?comment_id=10205484862796036&notif_t=comment_mention&notif_id=1465404614098520
P.S. – Às vezes, autoritário. Às vezes, ranzinza e ligeiramente rabugento. Sempre, amigo dos índios Guarani. Armando Barros, professor da UFF, parceiro em tantos projetos, nos deixou nesse sábado, com muita saudade. Seus alunos, seus colegas e os guarani choram a perda.

 

Comente esta crônica



Serviço integrado ao Gravatar.com para exibir sua foto (avatar).

97 Comentário(s)

Avatar
Paulo Bezerra comentou:
04/11/2010
Sobre o episódio da bolinha de papel, disse o Sen. Arthur Virgílio em 20 Oct no twitter: "ESSE É O EPISÓDIO QUE FALTAVA PARA POSICIONAR OS INDECISOS. É @joseserra. Contra a intolerância. Pelo Brasil. ". Os tucanos pensam que o brasileiro é leso. Hoje podemos afirmar que o factóide montado "foi um tiro no próprio pé do candidato Serra."
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Mauro Michel comentou:
30/10/2010
Mas Bessa, o JN provou que não foi a bolinha de papel mas um objeto mais pesado como um rolo de fita adesiva na cabeça do José Serra. O SBT pediu desculpas, o IG noticiou a farsa antes do JN. O que vc gostaria fosse o fato a farsa do SBT e TV REcord ou a verdade no JN?
Comentar em resposta a Mauro Michel
Avatar
fatima comentou:
30/10/2010
Gostaria de ver a reação da militância, se o caso tivesse sido ao contrario.Aí seria um escandalo!primeiro por ser mulher(diriam ser preconceito).Infelizmente o Brasil que não pensa, cheio de tanta "bolsa" tenta o 3o.mandato para Lula.Ou alguem em sã consciência acredita que e ela quem vai governar?Professor sua charge acho que não caberia nesta crônica!
Comentar em resposta a fatima
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
29/10/2010
NO PRÓXIMO DOMINGO, VOTE! PROVE QUE É VERDADEIRA A LETRA DO NOSSO HINO:"VERÁS QUE UM FILHO TEU NÃO FOGE À LUTA, NEM TEME, QUEM TE ADORA, A PRÓPRIA MORTE TERRA ADORADA, ENTRE OUTRAS MIL,ÉS TU, BRASIL, Ó PÁTRIA AMADA! DOS FILHOS DESTE SOLO ÉS MÃE GENTIL,PÁTRIA AMADA BRASIL"
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
29/10/2010
(2) EU VOU / CAMINHANDO ESSE RIO QUE É FONTE DA VIDA MEU CASO DE AMOR/ EU VOU / NO BALANÇO DA ONDA MAROTA QUE A MÃE NATUREZA ME PROPORCIONOU / EU VOU / EU VOU / EU VOU.. ps. O Governo LULA demarcou a Raposa Serra do Sol em RR, fazendo justiça aos MACUXIS, apesar do voto contra do DEM e do PSDB do Serra.
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
29/10/2010
(2) EU VOU / CAMINHANDO ESSE RIO QUE É FONTE DA VIDA MEU CASO DE AMOR/ EU VOU / NO BALANÇO DA ONDA MAROTA QUE A MÃE NATUREZA ME PROPORCIONOU / EU VOU / EU VOU / EU VOU.. ps. O Governo LULA demarcou a Raposa Serra do Sol em RR, fazendo justiça aos MACUXIS, apesar do voto contra do DEM e do PSDB do Serra.
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
29/10/2010
Na visita a comunidade urbana Saterê Mawé, declamei de Emerson Maia o seguinte: "O MEU LADO DE ÍNDIO / É O MELHOR QUE EU TENHO / É O MEU LADO MORENO / É O MEU LADO DO AMOR / SEMPRE EM PAZ COM A MATA / COM A PUREZA DA GARÇA/ SEMPRE BEM COM A VIDA / EM PURA HARMONIA COM O BEIJA-FLOR / EU VOU....
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
29/10/2010
A Comunidade Urbana SATERÊ MAWE do Cj. Santos Dumont é constituída de índios da etnia saterê, que lutam para preservar a sua cultura, a sua língua e seus costumes. Na comunidade funciona uma escola onde as aulas são ministradas na própria língua saterê.
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
29/10/2010
Babá, me permite aproveitar esse espaço para convidar os seus leitores para um evento cultural "O RITUAL DA TUCANDEIRA" que será realizado no dia 22.11.10, a partir das 9:00, na comunidade urbana SATERÊ MAWE, aqui no Cj. Santos Dumont, prox. ao Posto de Saúde. Haverá comida típica, artesanato,dança, música, etc.
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
29/10/2010
Babá, me permite aproveitar esse espaço para convidar os seus leitores para um evento cultural "O RITUAL DA TUCANDEIRA" que será realizado no dia 22.11.10, a partir das 9:00, na comunidade urbana SATERÊ MAWE, aqui no Cj. Santos Dumont, prox. ao Posto de Saúde. Haverá comida típica, artesanato,dança, música, etc.
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Jotapeve comentou:
28/10/2010
Bom mesmo é o Gilmar Mendes (cobra criada pelo FHC e PSDB), ontem deu uma aula no STF de como protejer safados e corruptos ao defender descaradamente os ficha-sujas deste país. Esta é a verdadeira cara do PSDB. Graças a juízes como Joaquim Barbosa teremos um safado a menos no Senado no ano que vem. Adeus Barbalho, vai catar coquinho no Pará.
Comentar em resposta a Jotapeve
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
28/10/2010
MAS EU NÃO ESTOU DIZENDO O GERALDINHO SE ASSANHANDO TAMBÉM. EU TE CONHEÇO DESDE PEQUENO LÁ DA CASA DA TUA AVÓ E MINHA QUERIDA AMIGA, DONA ELISA. ERAS UMA GRACINHA. SEMPRE AFOBADINHO. AINDA ÉS ASSIM? BJINHOS
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Giêr Memória comentou:
28/10/2010
Vânia para vereadora em 2012!
Comentar em resposta a Giêr Memória
Avatar
Geraldo Souza Jr comentou:
28/10/2010
Djwery, xará, Fica na tua, não espanta. Também dou boas rizadas lendo esses “debates pró-democracia”. (Aliás, parabens a todos!!!) Se começares a expor o obvio ululante, é possível que todos (exceto a Vânia) deixem de escrever. Ainda quero rir... Abraços
Comentar em resposta a Geraldo Souza Jr
Avatar
Djwery comentou:
27/10/2010
Pois é Vania, eu achava vc chata, pretenciosa, eletista e soberba... estou mudando de idéia a seu respeito, pelo menos dois adjetivos citados já foram excluídos... mudei! a gente não pode mudar?
Comentar em resposta a Djwery
Avatar
JEZANIAS - HISTORIADOR comentou:
27/10/2010
VÂNIA, boa sorte no domingo de eleição e, embora as divergências de idéias, saiba que admiro muito a sua luta, principalmente pq vc não se oculta e demonstra sua opnião formando muitas outras, e isso é salutar. E que vença aquele que for o melhor pro país. Esse é o meu desejo. Um beijo professora.
Comentar em resposta a JEZANIAS - HISTORIADOR
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
27/10/2010
Os petistas sérios abandonoram a sigla quando do mensalão . Alguns, mesmo CORRETOS, tiveram dificuldade para desfiliarem-se por terem sido fundadores do mesmo partido. Eu os entendi porque, apesar da permanencia, não deixaram de creticarem os corruptos e o LULA ferozmente. Agora voltam a defender a DILMA que sempre esteve lá e o LULA mesmo disse, no horário eleitoral, que elacoordenava a ação de todos os ministérios. Com essa afirmação praticamete anulou o trabalho dos outros ministros. Lul
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Vânia Novoa Tadros 27.1O B comentou:
27/10/2010
Collor está chegando devagar como o colonizador no Mito da Cobra Grande dos Dessana e, depois de rodear todos os brasileiros até a morte. E O ZÉ DIRCEU QUE FEZ até PLÁSTICA para mudar a face e entrar no BRASIL? VÂNIA MARIA
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros 27.1O B
Avatar
Vânia Novoa Tadros 27.1O B comentou:
27/10/2010
. O Sarney para quem o PT tanto gritou Fora Sarney, há pouco, ia ser condenado. O tal de LULa salvou-o. PERGUNTO: EM TROCO DE QUE? E O ZÉ DIRCEU QUE FEZ até PLÁSTICA para mudar a face e entrar no BRASIL.VIveu com uma mulher muitos anos, teve um filho com ela e nunca lhe revelou o seu passado político.Está sendo julgado por formação de quadrilha e outros crimes terríveis. Continua mandando no PT, Este partido de vcs é o que tem mair número de corruptos no Brasil e o outro é o PMDB. Quem era séri
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros 27.1O B
Avatar
Vânia Novoa Tadros dia 27 comentou:
27/10/2010
Pedro Garrote, nós só temos ingerència sobre o presente e sobre o futuro, O passado só serve para refletir e não cometerms os mesmos erros. Uma das funções da historiador é chamar atenção sobre o passado em momento de grande decisão. E nunca arranjar argumentos para defenfer apenas as suas idéias individuais sem coerencia com a verdade histórica Não acredito em governo onde o Collor- já cumpriu pena e foi derrubado pelo próprio PT- é aliado possa dar certo. Ele está chegando devagar como no Mi
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros dia 27
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
26/10/2010
Vânia governar com o PMDB realmente é dose. Mas, não é pior do que governar com o DEM. Infelizmente tanto o FHC quanto o LULA tiveram que fazer concessões a essa banda podre de políticos em nome da dita governabilidade. Aliás o FHC/PSDB governou com as duas bandas podres PMDB e DEM. O Min Justiça FHC, foi Renan Calheiros/ PMDB e outros...
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Robson da Vila Kennedy comentou:
26/10/2010
Esse Djwerry.....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Comentar em resposta a Robson da Vila Kennedy
Avatar
Djwery comentou:
26/10/2010
Quero parabenizar Vania Tadros, Giêr Memória, Celson Arantes, Jotapeve, Paulo Bezerra, Neuza, Ana, Preta, luiz Carlos, Simone Erthal e os demais pelo magnífico debate, as vezes fora do cotexto, mas de grande valia. VIVA A DEMOCRACIA!!!!!!!!!
Comentar em resposta a Djwery
Avatar
Giêr Memória comentou:
26/10/2010
Celso Arantes, você me conhece de onde? Rarará. Procurou meu nome no Google e encontro que eu passei para Agronomia na UFAM? Sai pra lá... Eu sou estudante de letras da UEA (e ainda nem me formei). Mas aliás, como uma mulher pode ser compromissada com o social sendo individualista... Já sei... Ela está ainda no conceito filosófico do ser ou não ser... eis a questão.
Comentar em resposta a Giêr Memória
Avatar
Celso Arantes comentou:
26/10/2010
Giér Memória, eu te conheço. És um agronomo recém formado e não conheces nada de linguítica. Ouves cantar galos na várzea, patos piar na terra firme e não sabes plantar uma simples alfavaca, celolinha ou chicória.Se´queres enfrentar a Prof Vânia, te prepara. Eu sou médico, ela foi minha professora em História da medicina. Ela é super competente,
Comentar em resposta a Celso Arantes
Avatar
Jotapeve comentou:
26/10/2010
Concordo com a Preta. Alguém dizer que não é representado pelo Presidente do seu país porque não votou nele não entende nada de Democracia. Acabando a eleição apenas um presidente comandará o país e, tendo votado nele ou não, todos teremos que submeter-nos a sua autoridade, a menos que nos mudemos para o exterior.
Comentar em resposta a Jotapeve
Avatar
Vânia Novoa Tadros c comentou:
26/10/2010
Continuando a fala do ZÉ DIRCEU aos sindicalistas: "A imprensa está com excesso de liberdade já quer até indicar ministério." Se vcs prestarem a atenção desde o início do governo Lula eles estão querendo amordaçar a imprensa, desmoralizar o juduciário, fechar o parlamento. PASSOS RECOMENDADOS POR TROSTKY para se tomar o poder a força
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros c
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
26/10/2010
Mais de 5,000 Professores Universitários de Todo o País Já assinaram manifesto de Apoio à Candidatura de Dilma. Veja quem são em @dilmabr : http://is.gd/ggszq
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Vânia Novoa Tadros- c comentou:
26/10/2010
A JORNALISTA LÚCIA HIPÓLITO EM 20/10 DISSE NA RÁDIO CBN: " O ZÉ DIRCEU FALOU EM UMA REUNIÃO DE SINDICALISTAS NA BAHIA QUE A DILMA É UM PROJETO DE PODER DO PT E PORTANTO O SEU GOVERNO VAI SER DO PT. NO CASO DO LULA NÃ PODEMOS INTERFERIR MUITO PORQUE O LULA É MAIOR QUE O PT
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros- c
Avatar
Vânia Novoa Tadros- c comentou:
26/10/2010
A JORNALISTA LÚCIA HIPÓLITO EM 20/10 DISSE NA RÁDIO CBN: " O ZÉ DIRCEU FALOU EM UMA REUNIÃO DE SINDICALISTAS NA BAHIA QUE A DILMA É UM PROJETO DE PODER DO PT E PORTANTO O SEU GOVERNO VAI SER DO PT. NO CASO DO LULA NÃ PODEMOS INTERFERIR MUITO PORQUE O LULA É MAIOR QUE O PT
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros- c
Avatar
Vânia Novoa Tadros b comentou:
26/10/2010
Ontem, Charles Wagner governador da BAHIA, reeleito e petista, disse que no primeiro governo aliou-se com o PMDB sendo seu vice desse último partido. Segundo suas palavras, só conseguiu governar qdo se afastou dos pemedebistas. É isso que me preocupa. O Temer e o Dirceu se deglatiando para mandar na Dilma.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros b
Avatar
Vânia Novoa Tadros b comentou:
26/10/2010
Graçss s Deus. os comentsristas que postarem de outros blogs estão salvando a discussão. Neste, a minha amiga Preta, falou mais uma vez o certo. Temos que ao final aceitar a escolha da maioria. ,
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros b
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
26/10/2010
Paulo Garrote é claro que eu sei que essas palavras sairam da crônica do Bessa. Mas as acho inadequadas do mesmo modo. Quanto ao sobrenome Garrote quiz te presentear que uma denominação masculina.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Neusa comentou:
26/10/2010
Sinceramente este oportunismo do Serra deixou evidente o desrespeito desse candidato com o povo brasileiro. Serra mais argumentos. Vamos deixar de baixaria. Estamos cansados disso. Boa crônica amigo Bessa.
Comentar em resposta a Neusa
Avatar
Ana comentou:
26/10/2010
Bessa adorei a crônica. Começar a semana dando gargalhada é muito bom. O Serra usa uma bolinha de papel para ganhar visibilidade. É lamentavel ver um candidato a presidencia, utilizar tal episódio para se autopromover. Excelente crônica!!!!
Comentar em resposta a Ana
Avatar
Luiz Carlos Freire comentou:
26/10/2010
Que papo chato o desse povo, ao que parece, a mediocridade é tão contagiosa quanto a má fe. Da cronica se infere o nivel inferior a que o Serra quer reduzir a campanha e seria por esse nivelamento que governaria, se nosso Brasil fosse seduzido pelo seu canto de sereia. Felizmente o Gigante se acordou pela propria natureza. Nessa campanha, não se perdeu tudo, pois com a perda do artur e do alfredo, ganhou o AMAZONAS QUE SE LVROU DOS DOIS, de sorte os que foram credenciados tem que atentar, para
Comentar em resposta a Luiz Carlos Freire
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
26/10/2010
Vania, antes de fazer seus comentários, primeiro leia a crônica prá não escrever asneira. A expressão "GIGOLÔ DO SAGRADO E DA RELIGIÃO" foi retirado da crônica acima comentada. Portanto, reflete o pensamento do cronista. Leia o parágrafo oitavo da crônica. Ah, Gostei do codinome Paulo Garrote é mais bonito do que "VANIA VELHOA QUADROS" .
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Preta comentou:
25/10/2010
Não entendo muito de Política mas acredito que numa Democracia, não dá para falar que não elegi o fulano ou o beltrano pois faço parte de uma sociedade que elege então tb sou responsável.
Comentar em resposta a Preta
Avatar
Simone Erthal comentou:
25/10/2010
Quem é esse Raimundo Brito? De que lugar ele está falando? Ele fala como se fosse alguém isento quando está comprometido até o último fio de cabelo com o esquema que afundou esse pais na corrupção. Lembram da compra de votos feita pelo FHC e o Amazonino?
Comentar em resposta a Simone Erthal
Avatar
Jletto (Blog do Altino) comentou:
25/10/2010
Também discordo do professor, pq o presidente não me representa pois não votei nele e nunca irei votar em um cidadão que se comporta de forma totalmente inadequada com o cargo que ocupa, na qual não age como um Presidente da República de verdade, ou seja deixa se levar pelo lado da emoção da sigla partidária, e esquece da razão, ofendendo assim as pessoas de bem, pois ele acha que quem não está do lado do PT tem que ser tratado como inimigo.
Comentar em resposta a Jletto (Blog do Altino)
Avatar
Altemar (Blog do Altino) comentou:
25/10/2010
Tá lendo a cartilha hein Acreucho?! Sabia que a PF está investigando? espera mais um pouquinho, quem sabe não mudas de opinião após o resultado. Enquanto não chega o resultado dá uma pesquisada no youtube os vídeos sem a edição da globo, eu vi e fiquei surpreso com a dimensão da tramóia. Ah, ia esquecendo, parece que, depois do ocorrido (ou não ocorrido), usar papel é porte ilegal de armas
Comentar em resposta a Altemar (Blog do Altino)
Avatar
Joao Paulo (blog do altino) comentou:
25/10/2010
Acho que ninguém ta sentido mais constrangido com esse episodio patético que o próprio José Serra... kkkk . Nunca vi um tiro no próprio pé tão bem dado como esse. ( é muita tempestade em pouca água). kkkk
Comentar em resposta a Joao Paulo (blog do altino)
Avatar
Acreucho (1) Blog do Altino comentou:
25/10/2010
Vou discordar do professor quando ele diz que Lula, sendo o Presidente do Brasil, representa "todos os brasileiros", a mim não representa, tiro-lhe a procuração "que nunca lhe dei", pois, não votei nele. Lula discute com José Serra, porque não tem ética, não sabe o que significa a palavra, não tem noção do que sejam as funções de um Presidente da República, foi alçado para lá por pessoas que "tomaram de assalto este país" e que pretendem perpetuar-se na posição.
Comentar em resposta a Acreucho (1) Blog do Altino
Avatar
Acreucho (2) Blog do Altino comentou:
25/10/2010
Quanto a fato acontecido no Rio, ele nem devia ter acontecido, se os militantes do PT tivessem ido para outro bairro fazer sua manifestação, o fato não teria ocorrido. O candidato foi atingido por um objeto e é isso que é anti-social, anti-ético e anti-democrático, não importa se foi bolinha de papel ou paralelepípedo. Os do PT não deveriam ter feito o que fizeram e, é só. Professor, na tentativa de procurar ser imparcial, quase escorregou para o partidarismo!
Comentar em resposta a Acreucho (2) Blog do Altino
Avatar
Raimundo Brito (Blog do Sarafa) comentou:
25/10/2010
Babá, seu argumento parece Ctrt/Cv da fala do Lula. Me poupe. Vc é + inteligente. Vc prefere 1.000 Erenice, Color, Sarney, Jader, Maluf, Dirceu, mensalão, dinheiro na cueca e aparelhamento do estado por sindicalistas pelegos e outros adjetivos não publicáveis.Vc prefere fortalecer eles que votar no Serra? é isso? Conta outra.Te acompanho de muito tempo, este foi o seu pior artigo. Pobre, vazio. Seja mas convincente, propositivo, racional e menos emocional. Será que o “platinado está colando”?
Comentar em resposta a Raimundo Brito (Blog do Sarafa)
Avatar
Chico Frias (Assaz Atroz 1) comentou:
25/10/2010
O problema da mídia no Brasil é o sofisma da isenção. Empresas e grupos controladores de mídias e jornalistas no Brasil têm, legitimamente, interesses políticos e econômicos como quaisquer outras. Por isso deveriam como qualquer agente político bem intencionado assumir as posições publicamente. Mas assumir o protagonismo político, como acontece no momento, por trás da suposição de isenção e de neutralidade, é fraude e é danoso, porque desinforma a sociedade e deforma o próprio sistema político
Comentar em resposta a Chico Frias (Assaz Atroz 1)
Avatar
Chico Frias (Assaz Atroz 2) comentou:
25/10/2010
Se imprensa é poder, então tem que se legitimar exercendo suas postulações como posição política que são e se submeter ao escrutínio universal e fiscalização, na forma republicana, como todos os poderes. Notícia não tem nem deve ter compromisso com a verdade, mas quando sua produção alinha-se a interesses partidários e econômicos, seus agentes produtores passam a estar sujeitos aos freios do sistema de legitimação do exercício civil e político como todos os agentes do processo sócio-jurídico.
Comentar em resposta a Chico Frias (Assaz Atroz 2)
Avatar
Chico Frias (Assaz Atroz 3) comentou:
25/10/2010
A mesma sacralidade que outorga exercício direto aos mandatários do poder imprensa os proíbe peremptoriamente de vinculação imediata às diferentes forças sociais que formatam os outros poderes, daí o pressuposto de isenção essencial a tal exercício.
Comentar em resposta a Chico Frias (Assaz Atroz 3)
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
25/10/2010
´HÁ, HÁ, HÁ........ EU TENHO É QUE RIR . O MAIOR IGNORANTE É O QUE NÃO CONSEGUI FAZER AUTO CRÍTICA. EU FALEI DO SENTIDO POPULAR DA PALAVRA "GIGÔLO" QUE VOCE EMPREGOU ERRADO. BEM, EM VERDADE EU SÓ DEBATO SOBRE OS CRITÉRIOS DE ESCOLHA PARA PRESIDENTE DEVIDO AO MEU COMPROMISSO SOCIAL ENQUANTO HISTORIADORA. DO PONTO DE VISTA PESSOAL TANTO FAZ SER DILMA OU SERRA. EU POSSO VIVER MUITO BEM SEM ELES. AGORA, DEPENDENDO DE QUEM FOR, O POVO DO BODOZAL VAI SOFRER. RS, RS,RS
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Para: Eleonora Silva (2) comentou:
25/10/2010
Querida, não divulgue informações falsas. É impossível alguém ser funcionário da FUNASA sem passar em concurso público. O que deve ter ocorrido é que seu amiguinho teve o contrato temporário renovado (o limite são 6 anos) e mentiu descaradamente p/ vc dizendo que foi efetivado. Fabão.
Comentar em resposta a Para: Eleonora Silva (2)
Avatar
Jotapeve comentou:
25/10/2010
A campanha do Serra se resumiu a uma bolinha de papela amassada. A bolinha se tornou a síntese de uma campanha baseada em mentiras e supervalorização de factóides. A bolinha tamém foi a síntese da cobertura da campanha pela TV Globo que mostrou toda sua parcialidade neste episódio.Por fim caiu a máscara do Serra e da Globo, derrubada por uma simples bolinha de papel amassado.
Comentar em resposta a Jotapeve
Avatar
Giêr Memória 02 comentou:
25/10/2010
Mas gostaria de salientar VÂNIA, que seu discurso emana preconceitos gritantes. Bodozal; lula que não sabe ler e nem escrever; pessoas que não tem conhecimento para postar no site, etc. Aliás, quem é VÂNIA TADROS no contexto político deste site? O que você escreve, Vânia, é um reflexo do seu caráter.
Comentar em resposta a Giêr Memória 02
Avatar
Giêr Memória 01 comentou:
25/10/2010
Construções sintáticas de VÂNIA: para tentar me agridirem: de tráz - usado inadequadamente e vários, vários, etc. Não tenho nenhum preconceito linguística, nem na escrita nem na oralidade pois sei que isso são quetões sociais.
Comentar em resposta a Giêr Memória 01
Avatar
Giêr Memória comentou:
25/10/2010
Rarará... A VÂNIA TADROS falando sobre sentido de palavras. Precisamos urgentemente comprar um livro que trate de semântica, de lexicologia etc. para ela. Me perdoe (ou perdoe-me, como queira) VÂNIA, mas vc não tem competência para isso. Leia primeiro o que vc escreve e, depois, faça julgamento sobre a escrita de outrem.
Comentar em resposta a Giêr Memória
Avatar
domenica comentou:
25/10/2010
Eu fui colega da Vânia . Ela sempre foi interessada em mov sociais. Lembro depois já minha professora na UFAM ela nos conscientizava de ir para as ruas fazer passeatas a favor do impechemant do Collor. Ela ia a todas. Por muitos outros movimentos feitos por ela é que deixou aqui meu testemunho:Vania Tadros é uma mulher de valor
Comentar em resposta a domenica
Avatar
Vânia Novoa Tadros (C) comentou:
25/10/2010
complementando o B que ultrapassou o n. de linhas: "Paulo Garrote, procura saber o significado da palavra gigolô e analisa se alguém pode ser " gigolô da religião e do sagrado". Obrigada Alzenira que bom te reencontrar na internet. Bábá, amigão, a charge está de ultima."
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros (C)
Avatar
Gê comentou:
25/10/2010
Bom dia Professor, adorei o texto, li hoje segunda – feira pela manhã e morri de rir ( quando leio os seus textos visualizo o senhor falando com este sotaque maravilhoso !) Beijos! Gê
Comentar em resposta a
Avatar
Soninha comentou:
25/10/2010
Banditismo eleitoral. Vocês lembram da eleição no Rio em 1982? O SNI, Moreira Franco ,O Globo e a empresa de informática Proconsult tentaram fraudar a eleição no Estado do Rio, O Globo mentiu para prejudicar o Brizola e se ferrou porque foi descoberto. Não acredite naquilo que a Rede Globo inventa..
Comentar em resposta a Soninha
Avatar
Vânia Novoa Tadros (B) comentou:
25/10/2010
Depois de passar um domingo agradável com meu marido, meus filhos e netos, participar da Santa Missa no Santuário de Aparecida,ouvir uma homilia maravilhosa sobre o Fariseu e o Publicano, comer uma pizza deliciosa, deparo com um festival de loucuras de quem não tem formação nem conhecimentos para postar no Taqui praTi. O Bessa não merece tamanha ingratidão. "Paulo Garrote" por acaso vc sabe o sentido da palavra gigolô. Procure no dicionário e veja se alguém pode ser gigolô do SAGRADO E DA RELI
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros (B)
Avatar
Vânia Novoa Tadros ( A) comentou:
25/10/2010
A Preta falou tudo. Tanta coisa para se discutir - a partir de um texto do Bessa sempre muito bem escrito- e algumas pessoas aqui perdendo este espaço para tentar me agridirem. É, porque eu posso até discordar de algumas idéias do meu mestre e amigo,porém uma coisa é inegável ele escreve muito bem.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros ( A)
Avatar
Márcio Lira comentou:
24/10/2010
Cala a boca, Vania Tadros!!!
Comentar em resposta a Márcio Lira
Avatar
Preta comentou:
24/10/2010
Seria tão bom se usássemos este espaço para mostrar uma pequena parcela do programa de governo do candidato que queremos eleger, sem partir para agressões pessoais. Será que estas ofensas se devem ao desconhecimento das propostas?
Comentar em resposta a Preta
Avatar
Giêr Memória comentou:
24/10/2010
Esse parece mais um blog da VÂNIA TADROS do que do Taquiprati... Mas Ribamar, essa charge foi de muito mal-gosto... Parece filme pornô... Daqules exóticos... Já pensou o Serra com as Brasileirinhas? Cruz-credo.... Vaderetro... rsrsrsrsrs.. Cada uma hem...
Comentar em resposta a Giêr Memória
Avatar
Susana Grillo comentou:
24/10/2010
Bessa, você mostra nesta crônica como a campanha pela mídia está fundamentalista... chamar aquele perito chato da UNICAMP para analisar o que jogaram no Serra é demais... o pior é que ele foi entrevistado logo depois e nem uma manchinha vermelha alterava sua careca... é muita falta de assunto... pior é muita manipulação ... Vamos de Dilma, mas cobrando... Fiquei triste com a partida do prof. Armando... de vez em quando ele mandava uma mensagem pra mim... estava organizando um evento pra nov
Comentar em resposta a Susana Grillo
Avatar
Eleonora Silva (1) comentou:
24/10/2010
Sobre este episódio da “bolinha de papel” li várias versões, quase todas comprometidas com um dos “dois lados”. Uma delas diz mais ou menos assim: “o Serra queria o quê, foi fazer campanha em um reduto de desempregados do mata-mosquitos?”. Eu aqui, nem eleitora do Serra, nem da Dilma, pensei: vá lá que o seja, mas depois de oito anos de governo Lula (nos anos proclamados como “nunca antes na história deste país”) esses caras ainda estão desempregados?
Comentar em resposta a Eleonora Silva (1)
Avatar
Eleonora Silva (2) comentou:
24/10/2010
Na verdade, e por acaso, conheço um cara do “mata-mosquito” que é um convicto e apaixonado eleitor da Dilma (antes, ele nunca havia votado por convicção na “esquerda”, era o que alguns chamariam de alienado político) justamente porque no governo Lula ele (e outros tantos de seus colegas do “mata-mosquito” aqui no Rio) tiveram a situação trabalhista definitivamente resolvida: viraram de uma vez por todas funcionários federais, ligados à Funasa.
Comentar em resposta a Eleonora Silva (2)
Avatar
Eleonora Silva (3) comentou:
24/10/2010
Sinceramente, acho que essa eleição está tão raivosa não porque é “condição humana” querer comer o fígado do outro (aliás essa história é antiga, o filósofo “liberal” Thomas Hobbes já defendia que “o homem é o Lobo do homem”!!), mas porque o que está no raciocínio político de parte significativa de lulistas e psdbistas que estão nas ruas é a permanência, a perda ou reconquista do poder e de privilégios travestidos de direitos.
Comentar em resposta a Eleonora Silva (3)
Avatar
João Barros Carlos comentou:
24/10/2010
É Babá, tem razão. Você venceu. Desisto. Ah! sim, ia esquecido. por favor, se a Dilma vencer (Deus nos livre) não esqueça de fazer oposição, juntamente com alguns incaultos que comparecem aqui na tua coluna. Sabe por que? Porque o seu "novo" partido (PT) será governado pelo PMDB que na política brasileira abriga a escória dos políticos nacionais. Michel Termer vem aí, lá, rá, lá, lá, lá, lá e toda sua trupe.
Comentar em resposta a João Barros Carlos
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
quando você diz temer pela saúde da Dilma por ser uma "CRISTÃ CATÓLICA E PRATICANTE". Vânia, 99% da população carcerária também se dizem cristãos católicos. Não queira ser uma "GIGOLÔ DO SAGRADO E DA RELIGIÃO", "DONA DA VERDADE" se "METAMORFOSEANDO EM OPUS DEI" e "ACHANDO QUE TODO CIDADÃO É UM OTÁRIO". Isso, apenas para não fugir do tema desta crônica. bjs
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
comentou:
24/10/2010
quando você diz temer pela saúde da Dilma por ser uma "CRISTÃ CATÓLICA E PRATICANTE". Vânia, 99% da população carcerária também se dizem cristãos católicos. Não queira ser uma "GIGOLÔ DO SAGRADO E DA RELIGIÃO", "DONA DA VERDADE" se "METAMORFOSEANDO EM OPUS DEI" e "ACHANDO QUE TODO CIDADÃO É UM OTÁRIO". Isso, apenas para não fugir do tema desta crônica. bjs
Comentar em resposta a
Avatar
CRISTIANO LOPES comentou:
24/10/2010
O zé bolinha e a rede bobo pensava que ia enganar o povo, nada que a internet não desmitificasse rapidamente. Zé bolinha é piada no EL CLARIN E LE MONDE.
Comentar em resposta a CRISTIANO LOPES
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
No debate da RedeTV, a Dilma perguntava uma coisa e o Serra respondia outra. Aqui, parece que a Vania Tadros leu outra crônica quando tenta ligar o Lula a Globo. Vânia foi em defesa do Serra que a Globo dedicou 7 min do Jornal Nacional. Aliás, você parece muito com o Serra...
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Eleonora Silva comentou:
24/10/2010
Sobre este episódio da “bolinha de papel” li várias versões, quase todas comprometidas com um dos “dois lados”. Uma delas diz mais ou menos assim: “o Serra queria o quê, foi fazer campanha em um reduto de desempregados do mata-mosquitos?”. Eu aqui, nem eleitora do Serra, nem da Dilma, pensei: vá lá que o seja, mas depois de oito anos de governo Lula (nos anos proclamados como “nunca antes na história deste país”) esses caras ainda estão desempregados? Na verdade, e por acaso, conheço um cara d
Comentar em resposta a Eleonora Silva
Avatar
ALZENIRA LOPES comentou:
24/10/2010
Eu sou massagista e não gosto nem da Dilma e nem do Lula.~Se eu não der um duro não aparece nada lá em casa.A Vânia e a família são pessoas humildes e recebem bem todos os que visitam a casa deles. já sofreram por isso. Um cara que almoçava sempre com eles p.q era relojoeiro da família montou um bando de ladrões para assaltarem a casa deles.
Comentar em resposta a ALZENIRA LOPES
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
24/10/2010
Gente, o Luiz Inácio usou o dinheiro do Estado Brasileiro para pagar as dívidas da Rede Globo que estava a beira da falência. Pensou que havia comprado o silêncio da emissora mas ela parece querer mais dinheiro. Usando o dinheiro do povo para seus interesses pessoais
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
24/10/2010
NÃO CALO ALEXANDRE! VAI PROCURAR A TUA TURMA PARA DAR ORDENS, SEU GROSSEIRO
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
24/10/2010
Continuação para Noeliza: As outras mulheres que vc falou estão tendo cuidado com a saúde e repouso. A Dilma não. A campanha é um stress louco.Não tenho nada contra Dilma como pessoa, por isso como cristã católica e preticante temo por sua saúde.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
24/10/2010
Noooooooooooeeeeeeeeeeeliza , não coloque palavras no meu papel que não sairam da minha mente. Eu não acho que a Dilma tenha competência de ser presidente só por que foi turturada. Eu já chorei muitos pelos torturados do Brasil mas hoje tenho outras responsabilidades e não posso votar em quem não acredito.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
24/10/2010
Obrigada pelo apoio da Marília e o Renato. Vcs me conhecem no dia a dia e sabem como luto. O Bábá tbém me conhece e sabe que não fico me transvestindo de boazinha, só para agradar os leitores. Isso é o que penso. Quem foi agredido aqui agrediu primeiro e continuará assim.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros
Avatar
Marilia comentou:
24/10/2010
Fui aluna da Vânia Tadros. Foi uma excelente professora. Ela é assim mesmo: apaixonada. Quando concorda com uma coisa, defende com unhas e dentes.
Comentar em resposta a Marilia
Avatar
Alexander comentou:
24/10/2010
CALA BOCA VÂNIA TADROS
Comentar em resposta a Alexander
Avatar
Noeliza comentou:
24/10/2010
Vânia Tadros, gostaria que você me explicasse por que Hebe,Ana Maria Braga e Patricia Pilar podem estar curadas do câncer mas Dilma , pelo que a senhora escreveu,continua hospitalizada?
Comentar em resposta a Noeliza
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
Vânia não basta as tentativas de desqualificar a Dilma por suas habilidades pessoais, sua história de lutas, etc. Agora você tenta desqualificar a candidata por questões de saúde ?. Sinceramente, não dá prá acreditar.
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
Vânia, A expressão "o tal de presidente Lula" utilizada por você está impregnada de preconceito, como se você não aceitasse ser governada por alguém com menos escolaridade que você. Esse talzinho semi-analfabeto que não sabe nem falar direito o português, obteve mais de 50 milhões de votos do povo brasileiro. Te conforma maninha .
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
comentou:
24/10/2010
Vânia, A expressão "o tal de presidente Lula" utilizada por você está impregnada de preconceito, como se você não aceitasse ser governada por alguém com menos escolaridade que você. Esse talzinho semi-analfabeto que não sabe nem falar direito o português, obteve mais de 50 milhões de votos do povo brasileiro. Te conforma maninha .
Comentar em resposta a
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
O leitor Marcelo Domingues", nos comentários da crônica anterior, foi vítima de preconceito por "TER NASCIDO NO BODOZAL E SÓ CONHECER GENTE DE LÁ". Aqui o seu amigo Henrique Sobreira lembra que "sic" os maiores atos de violência humana sempre foram cometidos por pessoas que se autoproclamaram civilizadas e consideram que “o outro” era alguém que devia ser “educado”. Disse tudo
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
clelia comentou:
24/10/2010
Cancelei minha assinatura do Globo. Viva a Internet, onde podemos ter outras versões. Esse país só será realmente democrático quando todo brasileiro tiver acesso a banda larga.
Comentar em resposta a clelia
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
Babá, se houvesse um ranking para escolher a melhor crônica, na minha opinião, esta estaria entre as melhores. Até porque, serve para prestar solidariedade ao leitor Marcelo Domingues que, nos comentários da crônica anterior foi atacado em razão de sua origem. Senão vejamos:
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Paulo Bezerra comentou:
24/10/2010
Vânia Tadros, para responder a sua pergunta: Quem foi Dilma no contexto político deste país? Sugiro que leia aqui mesmo no TAQUIPRATI, a crônica 845 - FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DELAS. Dilma é uma das sobreviventes que foram torturadas pela ditadura. Você sabe disso. Ou pelo menos deveria saber, senão de que lhe valeu tantos anos de estudos de História ?
Comentar em resposta a Paulo Bezerra
Avatar
Cris Amaral comentou:
24/10/2010
Pois bem eu estava lá, abaixo a rede globo o povo não é bobo. Viva Brizola! Lamento muito ao ver estes fatos na política nacional e o nosso querido Brizola já ter se ído. Tenho certeza que teria muito a comentar e a me ajudar a esclarecer. Quanto a este quadro político é lamentável...Serra e seus Fernandos Henriques, perderam o timão dessa nau. Enquanto o povo brasileiro fica meses esperando um exame, nas filas dos hospitais por doenças comprometedoras; o nosso candidato faz uma tomografia por c
Comentar em resposta a Cris Amaral
Avatar
Renato Santos comentou:
24/10/2010
dejvery vc quer saber quem é a Professora Vânia Tadros? procura no google. Só quer moleza brother? Ela é gente fina
Comentar em resposta a Renato Santos
Avatar
Gleice Mattos comentou:
24/10/2010
Preciso confessar: ADORO ler Taqui Pra Ti!
Comentar em resposta a Gleice Mattos
Avatar
Djwery comentou:
23/10/2010
Caro Bessa, Gostei muito da sua crônica, ela expressa o sentimento da maioria do povo brasileiro! Quem é essa Vânia Tadros que só fala besteira?
Comentar em resposta a Djwery
Avatar
Vânia Novoa Tadros 4 comentou:
23/10/2010
Um homem ou mulher que percorreu a história brasileira enfrentando a ditadura como Serra e Covas não mereciam ser agredidos nas ruas nem com bolinha, nem com rolo, nem com pedra, Isso é falta de respeito, é deboche. Coisa de quem não tem princípios. E o tal de presidente Lula que foi defende-los? Sai do governo sem aprender a ter compostura.
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros 4
Avatar
VANIA NOVOA TADROS 3 comentou:
23/10/2010
Por que não poderia ser o Aluísio Mercadante? Porque esse não de deixaria manipular. O que estão fazendo com essa senhora, a Dilma, é uma maldade. É notório que ela está doente, inchada de corticóides, cansada. A cada dia terminado penso que capitulará amanhã.
Comentar em resposta a VANIA NOVOA TADROS 3
Avatar
Vânia Novoa Tadros 2 comentou:
23/10/2010
Como o próprio Lula explicou um certo dia Dilma entrou no seu gabinete, segurando um laptop, e ele disse é essa mulher que eu procuro para substituir-me. E deve ter pensado:" Por ser insegura ficará sendo teleguiada por mim. Lula nã esconde não saber mais viver longe do poder
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros 2
Avatar
Vânia Novoa Tadros comentou:
23/10/2010
Os candidatos a presidente do Brasil sempre foram uma construção, Uma imagem idealizada, porém eregidos em cima de algo sólido que existiu de verdade como, por exemplo, o Serra admirado por Bessa. No entanto, Lula construiu a Dilma do nada. Quem foi Dilma no contexto político-administrativo deste país?
Comentar em resposta a Vânia Novoa Tadros