CRÔNICAS

MANIFESTO DE AGRADECIMENTO AO MÃO-DE-PILÃO

Em: 25 de Fevereiro de 1997
Tags:
Visualizações: 1663

.Ilustríssimo Senhor Negão Mão-de-Pilão,

Nós, abaixo-assinados, biqueiros e biqueiras da capital e do interior do Estado, vimos publicamente agradecer a Vossa Negritude a oportunidade que nos proporcionou de defendermos a liberdade de expressão, sem a qual a Banda da Bica não poderia existir.
A liberdade de imprensa, que é uma das formas modernas da liberdade de expressão, encontrava-se seriamente ameaçada no Amazonas, pelas ameaças e violências cometidas contra alguns jornalistas, como Beth Azize, Paulo Figueiredo e outros. Com a agressão física ao responsável pela coluna “Taqui Pra Ti”, em Niterói, Vossa Negritude acabou aglutinando todas aquelas forças interessadas no debate, na circulação de ideias, na crítica, no pensamento independente e na verdade.
Desta forma, a mão-de-pilão de Vossa Negritude fez mais pela liberdade de imprensa do que os cinco ágeis dedos do próprio Secretário de Estado de Comunicação, a quem - pela natureza da matéria - endereçamos este abaixo-assinado, com a esperança de que o faça chegar às vossas poderosas mãos.
Se algum dia Vossa Negritude quiser denunciar o covarde anônimo que pagou por vossos serviços profissionais, a BICA acolherá Vossa Negritude de braços abertos, garantindo-vos desde já a aplicação da mesma anistia concedida pelo Senado aos peixes pequenos dos precatórios e descolando bolsa de estudos para Negritude Junior em uma Academia de Karatê e Judô.

Comente esta crônica



Serviço integrado ao Gravatar.com para exibir sua foto (avatar).

Nenhum Comentário