CRÔNICAS

PACUZÃO DE OURO: ELEIÇÃO PARA O OSCAR DA CORRUPÇÃO

Em: 03 de Setembro de 2006 Visualizações: 2982
PACUZÃO DE OURO: ELEIÇÃO PARA O OSCAR DA CORRUPÇÃO

Vou confessar um pecado bem cabeludo: a inveja. Eu sei, eu sei, a inveja é uma merda, mas nada posso fazer para impedir que meu olho engorde, de forma doentia, todo ano, no final de dezembro. Nessa época, um colunista social promove festa milionária para distribuir troféu que ele criou – o ‘Baiacu de Ouro’ - às pessoas que – dizque - mais se destacaram no mundo político, econômico, artístico, cultural e literário de Manaus.

A inveja que sinto não é dos homenageados. Não! Afinal, quem são eles? Mediocridades locais transformadas em celebridades municipais. Olho suas fotos com atenção. Vejo homens barrigudinhos encasacados em duvidosos smokings ou suspeitosos black-ties. Mulheres pelancudas, como a Milu, de Cobras e Lagartos, trajando longos, enlourecidas com o bronze n◦ 1 da Wella, derretendo toneladas de botox e silicone no calor amazônico.

Não. Minha inveja não é deles. É do colunista social. Meu grande sonho é imitá-lo, o que faço agora criando o troféu

Pacuzão de Ouro’, uma espécie de Oscar da corrupção bem sucedida, que será distribuído a cada quatro anos, no dia das eleições, para as autoridades que mais se destacaram – digamos assim – no uso de recursos públicos em benefício próprio, sem terem sido condenados pelos tribunais.

Compra de votos

Quem ganha o ‘Pacuzão’? Você decide, leitor (a). A eleição é concorrida. Tem muita gente inscrita. Proponho que os leitores votem somente depois de avaliarem o currículo dos candidatos ao troféu. Com o objetivo de oferecer elementos para o julgamento, refresco aqui a memória com matérias publicadas por jornais locais e nacionais nos últimos vinte anos.

O leitor pode começar pelo Diário do Amazonas desta semana. Lá está denúncia sobre privatização da Cosama no governo Amazonino, que está sendo investigado pela Procuradoria da República. Empresa intermediária mamou R$ 46 mi e o povo ficou sem água.

Depois, é bom consultar os recortes antigos de jornais, que guardo em meus arquivos implacáveis: Jornal do Brasil (JB), O Globo (OG), Folha de São Paulo (FSP), Estado de São Paulo (ESP), Diário do Amazonas (DA) A Crítica (AC), Jornal do Norte (JN), O Povo do Amazonas (PDA). Pode parecer cansativo, mas vale a pena. Recordar é viver. Olhem só! 

1) “Deputado Luiz Fernando acusa o governador Amazonino de corrupção. Nascimento comanda o ‘Caixa Dois’”. (PDA, 07/11/1989).

2) “Amazonino intermediário de PC Farias. Fita entregue à CPI do Orçamento aponta prefeito de Manaus na liberação de verbas para Servaz, em troca de comissão de 13% do valor das obras” (AC, 23/12/1993). 

3) “PF investiga construtoras que falsificaram certidões: Planecon é da família do deputado Atila Lins (PFL-AM) e Exata teria como um dos sócios Amazonino, prefeito de Manaus”. (JN – 09/02/1994).

4) “72 processos instaurados para apurar denúncias contra TCM. Promotora Jussara Pordeus foi substituída”. (AC – 21/06/1995)

5) “Omar Aziz (PPR) cobra processo contra Nicolau, acusado de desvio de CR$ 5 milhões”. (AC - 17/08/1995).

6) “Acusados de fraudes no ‘caso TCM’ têm bens bloqueados. Decisão é do juiz João Mauro Bessa”. (AC – 26/01/1996).

7)  “Juiz condena ex-conselheiro do TCE, que reclassificou de forma irregular 15 servidores, a maioria ligada à família Lins” (JN – 07/05/1996).

8) “Secretário Estadual de Educação José Melo acusado de irregularidades na distribuição de merenda escolar”. (JN – 12/12/1996)

9) “Quem é quem na compra de votos. Pauderney Avelino (PFL-AM), acusado de ser operador da compra de votos, admite apenas ter sido intermediário” (AC – 20/05/1997).

Caviar e lama

A imprensa nacional não deu muita importância ao Zé Melo Merenda, mas abriu páginas inteiras sobre o episódio da compra de votos. Ai vão mais notícias.

10) “Laudo prova venda de votos na reeleição. São autênticas as fitas contendo as gravações das conversas entre deputados que venderam os votos”. (FSP -21/05/1997).  

11) “Acusados de vender votos por R$200 mil, deputados Ronivon Santiago e João Maia renunciaram. Ideia do Amazonino. Renúncia evita cassação”. (JB – 22/05/1997).

12) “MP apura denúncia contra governadores. Comissão sugere processo por corrupção ativa contra Amazonino. Governistas podem evitar investigação”. (AC – 22/05/1997).

13) “Amazonino usa ofensa em entrevista, nega compra de votos e chama deputados do Acre de ‘imbecis’”.(FSP – 24/05/1997).  

14) “Nova denúncia contra Amazonino. Bonfim denuncia negociata com empreiteiras: o cabeça de tudo é o Hannan, que manda mais do que Xica da Silva no Império”. (OG – 27/05/1997).

15) “Mais suspeitas rondam Amazonino. TCU encontra irregularidades em obra feita por construtora que seria do governador” (OG – 28/05/1997).

16) “PFL decide poupar governador do Amazonas Dirigentes do partido consideram insuficientes denúncias de ex-sócio de Amazonino”. (JB – 28/05/1997).

17) “Projeto do PFL garante espaço a Amazonino. Empresa que seria do governador vence licitação no Acre”. (JB – 29/05/1997)

18) “Prefeitos solidários a Amazonino. Alfredo Nascimento elogia: Amazonino é o melhor governador que o Amazonas já teve”. (AC – 04/06/1997).

19) “Nicolau quer investigação na Câmara.” “Tiradentes diz que não houve compra”. “Movimento pela ética visita procurador”. (JN – 04/06/1997).

20) “Quatro representações contra Amazonino na Procuradoria. Superfaturamento de 363,6% em contrato de US$ 29,8 milhões firmado por Amazonino”.(ESP – 05/06/1997).

21) “Gravação comprometeria Amazonino em cobrança de propina na compra de geradores para CEAM” (ESP – 05/06/1997).

22) “Investigado Governo do Amazonas. Conta bancária de Amazonino em paraíso fiscal com US$ 500 mil intriga procurador. Amazonino dá sua versão”. (JB – 25/08/2000)

23) “Governador constrói casa de R$ 1,2 milhão em Manaus. Mário Frota sugere CPI contra Amazonino. Presidente da Assembléia, Lupércio Ramos diz que é contra porque atitude de construir casa foi do cidadão, não do governador” (FSP - 26/08/2000).

24) “Reaberta a investigação de conta de Amazonino Mendes. Brindeiro desarquiva caso que envolve depósito em banco de Luxemburgo”. (JB – 13/09/2000).

25) “Amazonino paga IPTU de R$ 618,66 pela mansão luxuosa em frente ao igarapé do Tarumã, quando devia pagar R$ 11, 7 mil”. (JB – 14/09/2001).

Isso é só uma pequena amostra do que saiu nos jornais. Francamente. É preciso rolos e rolos de papel higiênico para limpar aquilo que fazem as autoridades amazonenses com os recursos públicos, comprovando a afirmação do amazonense Reynaldo Loyo, em sua coluna social num jornal do Rio: “o soçaite brasileiro é feito de caviar, champanhe e lodo”. Mesmo se os tribunais não condenam, o eleitor deve punir. Qualquer leitor (a) pode votar em seu candidato ao troféu “Pacuzão de Ouro”, escrevendo para www.taquiprati.com.br .  Aviso apenas que o Big Black não vale: ele é hors concours.

P.S. – Jonas, rapaz, devolve a farda e o guarda-chuva pro meu sobrinho, o Alex Rapa-Côco. O menino é trabalhador.   

.Ver também http://www.taquiprati.com.br/cronica/173-pacu-pacuzinho-e-pacuzao

 

Comente esta crônica



Serviço integrado ao Gravatar.com para exibir sua foto (avatar).

Nenhum Comentário